Ofensividade pelos primeiros pontos

Correio Braziliense
postado em 16/04/2022 00:01
 (crédito: Cesar Greco/Palmeiras)
(crédito: Cesar Greco/Palmeiras)

Se no Campeonato Paulista a defesa era um dos trunfos do Palmeiras, neste momento da temporada, o time de Abel Ferreira aposta no poderio ofensivo para vencer a primeira partida no Campeonato Brasileiro. Embalado por goleadas recentes, a equipe abre a segunda rodada da competição, hoje, às 16h30, diante do Goiás, em Goiânia.

O time joga a fim de somar seus primeiros pontos no torneio depois que levou 3 x 2 do Ceará na estreia. Abel ironizou quem dizia que o Palmeiras era retranqueiro e aprimorou o desempenho ofensivo do time, que ampliou o seu repertório de jogadas e é capaz de chegar ao gol adversário de diversas maneiras.

As goleadas sobre São Paulo (Paulistão), Deportivo Táchira e Independiente Petrolero (Libertadores) — 4 x 0, 4 x 0 e 8 x 1, respectivamente — fizeram do Palmeiras o time com o melhor ataque entre todos os clubes da Série A na temporada. São 44 bolas na rede em 21 partidas, o que resulta em uma média de 2,10 gols por jogo.

Esse índice aumentou graças especialmente ao talento de Raphael Veiga, o artilheiro da equipe em 2022, com 13 gols, e à fase iluminada de Rafael Navarro. O centroavante demorou a desencantar, mas quando o fez, desandou a balançar as redes. São seis gols em duas partidas na Libertadores. Ele quer se tornar o 9 que a torcida e Abel tanto pedem à diretoria e pode ser titular neste sábado.

O zagueiro Luan é o único desfalque. A equipe deve jogar com todos os titulares em Goiânia. "O primeiro jogo do Brasileiro não foi como esperávamos e, agora, contra o Goiás será mais uma partida difícil. É só impormos nosso ritmo de jogo e todos nós estamos mentalizando a partida para voltarmos com um bom resultado", disse Rony.

No Goiás, a prioridade também é reagir. O time esmeraldino levou 3 x 0 do Coritiba em seu primeiro compromisso no Brasileirão e estreia contra o Palmeiras o técnico Jair Ventura, que comandou apenas dois treinamentos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE