Rayssa Leal conquista ouro inédito

"Japão é definitivamente um lugar de sorte", diz a campeã. Decisão do skate street teve participação das também brasileiras Pamela Rosa e Gabriela Mazetto, sexta e sétima colocadas, respectivamente, na classificação final

Correio Braziliense
postado em 25/04/2022 00:01
 (crédito:  Reprodução/Twitter)
(crédito: Reprodução/Twitter)

Rayssa Leal ampliou sua lista de conquistas ao receber, entre a noite de sábado e a madrugada de domingo (horário de Brasília), sua primeira medalha em uma disputa do X-Games. A skatista maranhense ficou com o ouro após vencer a final do skate street, em Chiba, no Japão, e estreou no pódio da tradicional competição de esportes radicais ocupando o posto mais alto.

Rayssa celebrou muito o resultado, levando as mãos ao rosto no momento em que a medalha foi colocada em seu pescoço, como mostra um vídeo publicado pelo Comitê Olímpico Brasileiro nas redes sociais. "Estou muito feliz de estar no Japão novamente e de vencer outra medalha. Acima de tudo, é muito bom estar com minhas amigas e minha família me apoiando. O Japão é definitivamente um lugar de sorte", afirmou a skatista, lembrando a medalha de prata conquistada nos Jogos de Tóquio.

Presenças

A decisão do skate street teve a participação das também brasileiras Pamela Rosa e Gabriela Mazetto, sexta e sétima colocadas, respectivamente, na classificação final. A medalha de prata ficou com a japonesa Funa Nakayama, enquanto a australiana Chloe Covell levou o bronze para casa.

Na final do street masculino, o melhor colocado brasileiro foi Lucas Rabelo, dono da quarta colocação após uma disputa marcada por interrupções por causa da chuva. Kelvin Hoefler, por sua vez, ficou em sétimo. Horigome Yuto (ouro), Ikeda Daiki (prata) e Shirai Sorah (bronze) formaram um pódio 100% japonês.

Antes da medalha de Rayssa, o Brasil havia conquistado outras duas com Gui Khury, de 13 anos. Ele ficou com o bronze no skate vertical, disputa na qual se tornou o mais jovem a subir no pódio, e a prata no desafio da melhor manobra da categoria.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE