fórmula 1

Verstappen domina e vence em Ímola

Correio Braziliense
postado em 25/04/2022 00:01

Max Verstappen teve ontem um desempenho dominante em Ímola e conquistou sua 22º vitória na Fórmula 1. Pole position e vencedor da sprint race, o atual campeão foi o primeiro colocado do GP da Emília-Romagna, em dobradinha da Red Bull com Sergio Pérez, e ainda fez o heptacampeão Lewis Hamilton de retardatário.

O terceiro lugar ficou com Lando Norris, favorecido no final por um erro de Charles Leclerc, que danificou a asa dianteira ao bater na barreira de proteção e caiu para nono, mas terminou em sexto. No fim das contas, o domingo foi de lamentos para Ferrari, pois Carlos Sainz se envolveu em um acidente com Daniel Ricciardo na largada e abandonou a segunda prova seguida.

O triunfo dominante tira Max Verstappen da quinta colocação do campeonato e o leva para a vice-liderança, seguido pelo companheiro Sergio Pérez em terceiro. Dono do primeiro lugar do pódio, pole position, vencedor do sprint e autor da volta mais rápida, o holandês somou 34 pontos e chegou aos 59. Leclerc, contudo, continua em primeiro, com 86.

Verstappen foi bem na largada e disparou na ponta, enquanto Leclerc caiu para o quarto lugar ao ser ultrapassado por Pérez e Norris. Já o parceiro de Ferrari do francês, Carlos Sainz, não se deu bem com a pista molhada, sofreu um contato de Ricciardo e foi parar na caixa de brita junto com o australiano. "Daniel me acertou", lamentou por rádio o ferrarista, antes de abandonar a prova, diferente do piloto da McLaren, que voltou em último.

As melhores reações da largada foram de Kevin Magnussen, do oitavo para o quinto lugar, e de George Russel, que levou sua Mercedes da 11º para a sexta colocação. Companheiro de Russell, Lewis Hamilton teve um desempenho fora de seus padrões e ficou em 12º após largar em 14º.

O acidente envolvendo Ricciardo e Sainz deixou o safety car na pista até a volta 5.

A liderança confortável do atual campeão foi marcada por um episódio jamais imaginado. Hamilton, em 12º lugar, tomou uma volta do holandês. A corrida ficou mais fria em sua segunda metade, mas as voltas finais reservaram surpresas. Leclerc estava se aproximando de Pérez quando rodou e bateu na barreira de proteção. A asa dianteira do carro ficou danificada e o monegasco voltou em nono lugar após parar nos boxes. Com isso, a terceira colocação caiu nas mãos de Norris.

Leclerc recuperou algumas posições, mas não houve tempo para grande reação. De qualquer forma, terminou em sexto e diminuiu o prejuízo. Já Verstappen e Pérez, seguidos por Norris, cruzaram tranquilos a linha de chegada para confirmar a dobradinha da Red Bull em um dia bastante frustrante para a Ferrari.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE