Times chegam com festa no DF

DANILO QUEIROZ VICTOR PARRINI*
postado em 08/05/2022 00:01

Flamengo e Botafogo desembarcaram no Distrito Federal, ontem, muito bem recepcionados por seus torcedores. Os times chegaram na capital federal no fim da tarde e sentiram a primeira demonstração de carinho dos torcedores brasilienses na porta dos hotéis que serviram de concentração para as duas equipes no Setor Hoteleiro Norte (SHN).

Quem movimentou a maior multidão foi o Flamengo. Cerca de 150 torcedores cercaram a concentração e aguardaram algumas horas pelo ônibus rubro-negro. Nomes como Willian Arão, Filipe Luis, David Luiz e Pablo foram até as grades, deram autógrafos, tiraram fotos e receberam até abraços dos rubro-negros.

Com presença garantida na partida da manhã de hoje no Mané Garrincha, o representante comercial Eder Duarte, de 40 anos, levou o filho Matheus Torres na tentativa de encontrar com um dos ídolos do Flamengo. "Flamengo é religião. Meu filho é louco pelo Gabigol. Ele é louco para ver e conhecer. Estamos lá no estádio curtindo o time e comemorando mais uma vitória", disse o pai. No fim, o garoto foi às lágrimas quando tirou uma foto com o zagueiro Pablo.

A poucos quilômetros de distância, o Botafogo atraiu menos torcedores, mas não por isso teve uma recepção menos calorosa. Os botafoguenses foram à porta do hotel para cantarem e apoiarem os personagens do Glorioso antes do clássico contra o Flamengo. Jogadores do elenco e o técnico português Luís Castro retribuíram o carinho dos alvinegros com fotos e autógrafos.

Wellison da Silva Pereira não mediu esforços e saiu de Sobradinho para acompanhar o desembarque do time na capital federal. "É uma experiência bacana ver todos eles bem de perto. Tiramos fotos com os jogadores e a comissão técnica. Trouxe o meu pai para sentir o clima também", conta.

Para o jogo no Mané Garricha, são esperados cerca de 55 mil torcedores. Os ingressos para a primeira edição do clássico carioca em Brasília se esgotaram ainda na sexta-feira. Mandante da partida, o Flamengo terá 90% das arquibancadas do estádio torcendo a seu favor na 34ª apresentação na capital federal desde 2013. Na 10º vinda ao DF, o Botafogo atuará como visitante. Os portões de entrada serão liberados aos torcedores a partir das 9h, duas horas antes de a bola rolar.

* Estagiário sob a supervisão
de Danilo Queiroz

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE