Castro vibra por Brasília

Correio Braziliense
postado em 09/05/2022 00:01

A manhã do domingo de Dia das Mães no Mané Garrincha foi Gloriosa e deu força para o Botafogo consolidar o trabalho iniciado pelo técnico Luís Castro no fim de março. Mesmo com a vitória que encerrou um tabu de três anos sem vitória do alvinegro sobre o Flamengo, o português foi cauteloso. Vibrou pelo resultado, mas colocou o pé no freio em uma possível empolgação. Brasília, por sua vez, foi alvo de elogios do Mister botafoguense.

Castro não diminuiu a importância do resultado na capital federal. Entretanto, pontuou necessidade de crescimento e salientou que o trabalho da comissão técnica com o elenco está dando apenas os primeiros passos. "Estamos no início, o caminho é muito perigoso, somos uma equipe com oscilações. Um trabalho de construção tem avanços e recuos porque as coisas não estão consolidadas", afirmou.

A segunda vitória no Distrito Federal em menos de 30 dias — a outra foi o 3 x 0 sobre o Ceilândia na Copa do Brasil — intensificou a relação do alvinegro com a cidade. "Jogar no Mané Garrincha tem grande significado para nós. É um grande ídolo do clube e sempre vai estar na história. Não é só para o Botafogo. É para o Brasil. Um ídolo marcante do futebol mundial. Temos que respeitar todos que foram grandes figuras em todas as áreas da sociedade e ele foi importante no futebol. O jogo em si significa uma vitória e três pontos. Se percorremos o caminho com rigor, podemos conquistar coisas boas", alertou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE