Eliminatórias

Fifa diminui multa, mas exige clássico

Correio Braziliense
postado em 10/05/2022 00:01

A batalha de recursos fora de campo entre brasileiros e argentinos pelo jogo não realizado na Neo Química Arena, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, acabou sem vencedor. O Comitê de Recursos da Fifa anunciou seu parecer ontem mantendo as decisões proferidas pelo Comitê Disciplinar na entidade, apenas com redução no valor das multas. A manutenção da partida foi confirmada, a contragosto de CBF e AFA.

O Brasil tem até o dia 22 de junho para detalhar horário e local da partida que deve ser realizada em setembro. O jogo original foi paralisado em 5 de setembro pela invasão do gramado por agentes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que acusaram os jogadores Emiliano Buendía, Emiliano Martínez, Giovani Lo Celso e Cristian Romero de desrespeitarem os protocolos de entrada no País. Os atletas vinham da Inglaterra e não cumpriram o período de quarentena determinado para a situação.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE