Concurso

Febraban promove concurso sobre finanças para jovens

O concurso cultural Quem Sonha Poupa irá premiar cinco participantes com uma bolsa de R$ 20 mil para estudar inglês em outro país

EuEstudante
postado em 12/11/2020 18:49
 (crédito: Markus Spiske/Unpslash)
(crédito: Markus Spiske/Unpslash)

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) irá promover o concurso cultural "Quem Sonha Poupa". Cinco jovens que participarem do evento serão premiados com uma bolsa de R$ 20 mil para estudar inglês no exterior. Interessados devem se inscrever no site e responder um quiz sobre o tema de finanças entre 23 e 29 deste mês. A iniciativa tem como objetivo estimular o conhecimento e a conscientização sobre a importância do hábito de poupar.

 

A ação será durante a Semana Nacional de Educação Financeira (Semana Enef). Para participar do concurso, o jovem deve ter entre 18 e 28 anos. Na primeira etapa, os inscritos deverão estudar todo o conteúdo de educação financeira que será disponibilizado por meio de e-book, artigos e outros materiais. Além disso, os inscritos serão incentivados a buscar informações complementares em outras fontes seguras, como Banco Central, CVM, Anbima, B3, Susep e outros órgãos, além da mídia especializada.


Depois de se inscrever no no hotsite e consultar todo o conteúdo disponível, o participante responderá a um quiz para avaliar o conhecimento dele e estimular o aprendizado sobre educação financeira. Os 10 melhores colocados de cada região do país serão classificados para a etapa seguinte. Os 50 selecionados da etapa anterior deverão enviar um vídeo inédito de dois minutos com um depoimento pessoal. Os vídeos serão analisados por uma comissão julgadora formada pelo Comitê de Educação Financeira da Febraban, com representantes dos bancos associados e convidados.


Serão escolhidos cinco ganhadores, um por região do país. Cada um receberá uma bolsa de estudos no exterior no valor de R$ 20 mil. As bolsas dão direito à inscrição em um curso de língua inglesa semi-intensivo, com quatro semanas de duração, a ser feito em uma instituição de ensino de um país de língua inglesa escolhido pelo ganhador. Em função da pandemia do COVID-19, o ganhador deverá escolher um destino entre os que estiverem com fronteiras abertas para estudantes brasileiros.


O valor de cada bolsa engloba todos os gastos relacionados à viagem e à frequência no curso, incluindo matrícula, passagens aéreas, traslados, despesas de transporte, seguros, alimentação e hospedagem em casa de família. Os jovens também receberão auxílio para a emissão de passaporte e visto. Os nomes dos ganhadores devem ser divulgados em 21 de dezembro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação