CURSO PARA PROGRAMADORES

Trybe abre inscrições para última turma de programação de 2020

Escola oferece benefício em que o estudante só paga pelo curso depois de estar empregado em uma empresa da área de tecnologia com remuneração mínima

Eu
Estudante
postado em 09/09/2020 20:11 / atualizado em 09/09/2020 20:13
Escola Trybe oferece curso para programadores, mas estudantes só começam a pagar quando estiverem empregados  -  (foto:  Trybe/Divulgação)
Escola Trybe oferece curso para programadores, mas estudantes só começam a pagar quando estiverem empregados - (foto: Trybe/Divulgação)

A Trybe, escola que oferece formação para desenvolvimento web, está com as inscrições abertas para o último processo seletivo da turma que iniciará em novembro. A instituição é reconhecida por capacitar profissionais do ramo da tecnologia, e neste ano foram matriculados 500 estudantes. Fundada em agosto de 2019, a Trybe tem como objetivo o ensino de qualidade focado na empregabilidade e contribuiu para a contratação de profissionais do ecossistema da tecnologia em mais de 40 empresas.


Um dos diferenciais da escola é o Modelo de Sucesso Compartilhado (MSC), em que os estudantes têm a possibilidade de pagar pelo curso apenas depois de estarem empregados na área de tecnologia. O requisito é que eles estejam recebendo remuneração mínima de R$3.500.


O processo consiste no preenchimento do formulário de inscrição, um desafio prático de questões básicas de programação, teste de lógica e entrevista. As aulas terão início em 9 de novembro.


Como funcionam as aulas


O curso tem duração aproximada de 12 meses com 1.500 horas de conteúdo. É totalmente on-line com aulas ao vivo, para que pessoas de qualquer lugar do país possam ter acesso à formação. Outras atividades que estão inclusas são desafios práticos, monitorias técnicas com profissionais especialistas, conversas de carreira, contato com empresas que estão em busca de talentos, desenvolvimento de competências pessoais (soft skills) e execução de projetos individuais e em grupo.


A metodologia é focada nas características que as organizações esperam dos profissionais de programação, uma das carreiras digitais mais procuradas pelo mercado. A escola tem escritórios nas cidades de Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Itajubá (MG) e Florianópolis (SC). A Trybe também conta com cerca de 30 instituições parceiras, como Localiza, Ambev e Inatel. Interessados podem fazer as inscrições até 20 de setembro pelo site.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação