FORMAÇÃO CIDADÃ

IDP promove curso gratuito e on-line voltado a alunas do ensino médio

Esta é a segunda edição das aulas com objetivo de promover educação cidadã para meninas. Inscrições podem ser feitas até quinta (27/8) pelo site do instituto

Eu
Estudante
postado em 25/08/2020 21:16 / atualizado em 25/08/2020 21:16
Primeira edição do programa foi realizada presencialmente. O curso tem como objetivo auxiliar na firmação cidadã de meninas do ensino médio  -  (foto: Acervo do IDP)
Primeira edição do programa foi realizada presencialmente. O curso tem como objetivo auxiliar na firmação cidadã de meninas do ensino médio - (foto: Acervo do IDP)

O grupo de pesquisa LiderA abre inscrições para o 2º curso de formação para alunas do ensino médio. As aulas serão gratuitas e on-line, visando a liderança feminina e a educação cidadã para meninas. Por isso, serão abordados temas como formação social do Brasil, noções de direito constitucional, direitos humanos, direito do trabalho, Lei Maria da Penha, comunicação, política e tecnologia.

Alguns dos professores responsáveis por ministrar as aulas são Marcos Queiroz, Ana Claudia Santano, Luciana Panke, Cristina Castro-Lucas, além dos jornalistas Cristiane Lobo e Heraldo Pereira.

O LiderA é um grupo de pesquisa sobre liderança feminina na política associado ao Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), que oferece cursos de graduação, especialização, extensão, mestrado e doutorado nas áreas de administração pública, direito e economia.

Inscrições

A primeira edição do programa foi presencial, mas, agora, o curso será a distância. As inscrições ocorrerão até quinta-feira (27/8) no site do IDP. Após efetuar a inscrição, é preciso comprovar o período escolar com o envio da declaração da escola ou a carteirinha de estudante pelo e-mail: cepes@idp.edu.br. As aulas serão ministradas a cada 15 dias, entre 5 de setembro e 24 de outubro, aos sábados.

 


 

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação