ESTÁGIO

MPF abre vagas de estágio para estudantes de direito em Brasília

As oportunidade são para alunos da graduação e pós-graduação. As inscrições podem ser feitas até 27 de outubro

Eu, Estudante
postado em 21/10/2020 14:43
Serão oferecidas vagas para estudantes de graduação e pós-graduação -  (crédito: Ascom/PRR1)
Serão oferecidas vagas para estudantes de graduação e pós-graduação - (crédito: Ascom/PRR1)

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da Procuradoria Regional da República da 1ª Região para estagiários de direito. Ao todo, são cinco vagas para alunos da graduação e formação de cadastro reserva para estudantes da pós-graduação. A oportunidade é para estagiar em Brasília e a pré-inscrição vai até 27 de outubro no site da instituição. 

Entre os benefícios, são ofertadas bolsas de R$ 850 para estudantes da graduação, R$ 1.700 para a pós-graduação e mais R$ 7 de auxílio-transporte por dia trabalhado. A carga horária de estágio é de 20 horas semanais.

Para participar, é preciso que o candidato de graduação tenha concluído, pelo menos, o 4º semestre do curso que tiver 10 ou mais semestres de duração, ou o 3º semestre de curso com menos de 10 semestres. Já os participantes da pós-graduação deverão estar matriculados em cursos com carga mínima de 360 horas. Confira o edital. 

O processo seletivo contará com provas, que devem ser aplicas em 5 de novembro, às 16h (horário de Brasília), no formato discursivo e em ambiente virtual, por meio da plataforma Moodle. Por isso, é necessário ter um computador desktop, notebook ou celular conectado à internet para participar.

Assim como feito para os estudantes da pós-graduação, o concurso selecionará estudantes também da graduação para contratação e para formação de um cadastro de reserva. O certame terá validade de um ano, prorrogável por igual período, a critério da Administração.

Para mais informações, entre em contato com a Seção de Estágio (Sest), pelo e-mail prr1-estagio@mpf.mp.br ou pelos números: (61) 3317-4509/4510.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação