homenagem

Ailton Krenak recebe título de doutor honorário pela UnB

Cerimônia será realizada na próxima quinta-feira (12), às 16h30, no uuditório da Reitoria da instituição

Eu Estudante
postado em 11/05/2022 08:59
 (crédito: Neto Gonçalves/Divulgacao)
(crédito: Neto Gonçalves/Divulgacao)

A Universidade de Brasília (UnB) irá conceder ao líder e ativista indígena Ailton Krenak o título de Doutor Honoris Causa (honorário) na próxima quinta-feira (12). A cerimônia será realizada às 16h30, no auditório da Reitoria, somente para convidados. Porém, o evento será transmitido ao vivo pelo canal da UnBTV no Youtube, ficando assim disponível para toda a comunidade.

O título de Doutor Honoris Causa é atribuído a personalidade que tenha se distinguido pelo saber e/ou pela atuação em prol das artes, das ciências, da filosofia, das letras ou do melhor entendimento entre os povos. A recomendação da homenagem a Krenak foi feita pelo Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares (Ceam/UnB), nas figuras dos professores José de Sousa Júnior e Vanessa de Castro, do Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania (PPGDH).

O Conselho Universitário aprovou a outorga do título em dezembro de 2021, e definiu a data da mesma para  12 em memória ao lançamento oficial do movimento Aliança dos Povos da Floresta, que reunia povos indígenas e seringueiros para reivindicar seus territórios e lutar contra a criação de reservas extrativistas nos anos 1990. Ailton Krenak não só participou do movimento como também da sua fundação, em 1989.

Ailton Krenak foi um dos representantes indígenas nas discussões da Assembleia Constituinte em 1987, assembleia esta que definiu o que temos hoje como a nossa Constituição Federal. Nessas discussões, ele também é lembrado por um gesto icônico que comoveu a todos quando pintou o rosto de jenipapo enquanto discursava no plenário do Congresso Nacional, em sinal de luto pelo retrocesso na tramitação dos direitos indígenas.

Além disso, Krenak também é fundador da União das Nações Indígenas (UNI) e é reconhecido como um dos maiores intelectuais brasileiros atualmente, sendo autor de uma trilogia de livros, entre eles, o mais difundido Ideias para adiar o fim do mundo - título de palestra feita pelo ativista e escritor na UnB em março de 2020.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação