Tropeço que pode custar caro

Barcelona cai diante do Valencia, perde longa invencibilidade no Camp Nou e ainda pode ser ultrapassado hoje na liderança do Espanhol pelos madrilenos Atlético e Real

postado em 02/02/2014 00:00
 (foto: Albert Gea/Reuters)
(foto: Albert Gea/Reuters)
Uma invencibilidade de 273 dias, com 25 vitórias consecutivas, foi a marca quebrada ontem pelo Valencia com a vitória por 3 a 2 sobre o Barcelona, no Camp Nou, pela 22; rodada do Campeonato Espanhol. Alexis Sánchez e Messi, de pênalti, marcaram para o time catalão. Parejo, Piatti e Alcacer deram o triunfo aos visitantes. Os dois grandes times de Madri podem ultrapassar o Barça hoje. O Atlético, com os mesmos 54 pontos do líder, recebe a Real Sociedad. O Real, um ponto atrás, encara o Athletic, em Bilbao. Outros resultados: Levante 0 x 0 Rayo Vallecano, Getafe 0 x 0 Valladolid e Málaga 3 x 2 Sevilla.

O começo do jogo no Camp Nou foi animador para a torcida do Barcelona. Logo aos 4min, o chileno Alexis Sánchez abriu o placar. Mas dois gols em apenas cinco minutos mudaram o panorama da partida. Aos 39min, Pablo Piatti empatou. Aos 44, Parejo virou para o Valencia. Na volta ao segundo tempo, Messi ainda deixou tudo igual novamente, ao converter pênalti polêmico. Mas, aos 19min, Alcacer fez o gol decisivo. Aos 33min, o lateral-esquerdo Alba, da equipe da casa, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

INGLATERRA
Na Terra da Rainha, o Manchester United não consegue engrenar na primeira temporada sem o comando do lendário treinador Alex Ferguson. A assitência do espanhol Juan Mata para o gol de Van Persie não foi suficiente. A equipe de David Moyes foi derrotada pelo Stoke City, na casa do adversário, por 2 a 1. Charlie Adam balançou as redes duas vezes para os mandantes. Fora de casa, o Tottenham ficou no 1 a 1 com o Hull City. Shane Long marcou para o anfitrião. O brasileiro Paulinho fez o gol dos Spurs. Hoje, o vice-líder, Arsenal (52 pontos), recebe o Crystal Palace. O Liverpool visita o West Bromiwch. Amanhã, o líder, Manchester City (53), recebe o terceiro colocado, Chelsea (50). Ontem: Newcastle 0 x 3 Sunderland, West Ham 2 x 0 Swansea, Cardiff 2 x 1 Norwich, Everton 2 x 1 Aston Villa e Fulham 0 x 3 Southampton.

ALEMANHA
Principal perseguidor do favorito Bayern de Munique no atual Alemão, mesmo assim 10 pontos atrás, o Bayer Leverkusen voltou a vencer, na 19; rodada. A seis minutos do fim do jogo, conseguiu a virada de 2 a 1 sobre o Stuttgart, em casa. Com gol do zagueiro brasileiro Felipe Santana, o Schalke derrotou o Wolfsburg por 2 a 1. Hoje, o líder, Bayern (50 pontos), recebe o Eintracht Frankfurt. Hertha e Nuremberg duelam em Berlim. Outros resultados: Hoffenheim 3 x 0 Hamburgo, Mainz 2 x 0 Freiburg, Augsburg 3 x 1 Werder Bremen e Hannover 3 x 1 Borussia Moenchengladbach.

ITÁLIA
O técnico Seedorf segue tendo muito trabalho no Milan. O time ficou no 1 a 1 ontem com o Torino, em Milão. Immobile abriu o placar para a equipe de Turim. O zagueiro Rami empatou. Outros dois jogos abriram a 22; rodada: Cagliari 1 x 0 Fiorentina e Bologna 0 x 2 Udinese. A líder, Juventus (56 pontos), entra em campo hoje, contra a Internazionale, em Turim. A vice-líder, Roma (50), recebe o Parma.

FRANÇA

Na 23; rodada do Francês, o Monaco ficou ainda mais distante do líder, Paris Saint-Germain, ao empatar por 2 a 2 com o Lorient, fora. O PSG tem 54 pontos, cinco de vantagem sobre o time do principado. Outros resultados: Bastia 3 x 2 Guingamp, Evian 1 x 1 Ajaccio, Reims 2 x 4 Montpellier, Saint Etienne 3 x 0 Valenciennes e Sochaux 1 x 0 Nantes.

PORTUGAL
Benfica e Porto tropeçaram ontem fora de casa pela 17; rodada do Português. O primeiro, que lidera (40 pontos), ficou no 1 a 1 com o Gil Vicente. O segundo, que está no terceiro lugar (36), foi derrotado pelo Marítimo por 1 a 0. Hoje, o vice-líder, Sporting (37), recebe a Acadêmica, em Lisboa. O Braga visita o Belenenses. Outro resultado: Vitoria de Setúbal 2 x 0 Rio Ave.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação