Produção nacional

Canal MGM estreia suspense policial e trama de terror. Um detalhe: as duas séries são brasileiras

postado em 02/02/2014 00:00
 (foto: Medialand/Divulgação )
(foto: Medialand/Divulgação )

As primeiras incursões do canal MGM em séries de dramaturgia nacional estreiam esta semana: Força de elite, terça-feira, às 21h; e Muito além do medo, quinta-feira, às 21h20, com horários alternativos na MGM HD. Cada uma foi projetada para ter novas temporadas, segundo o vice-presidente executivo e CEO da Chello Latin America, Marcello Coltro. Ele aposta que a qualidade das produções, de diferentes gêneros, vai agradar em cheio ao público e ampliar a audiência da emissora.

Os planos rápidos e a câmera viva, que anda no ritmo da polícia, prometem colocar o assinante dentro da ação em Força de elite. Inspirada em situações reais, a série terá, na primeira temporada, quatro episódios de uma hora. A história é centrada no combate a uma das principais facções criminosas do país, liderada por personalidades da sociedade brasileira.

A série começa com a transferência do policial Giovanni (Rodrigo Rebello) a um grupo considerado burocrático, como castigo por uma ação mal executada, na qual ele fere o filho de um figurão da alta sociedade. No novo campo de atuação, ele será chefiado pela delegada Carla (Camila Molina), uma antiga colega de trabalho, ao lado de Roberto (Eder Santos), um expert em crimes eletrônicos. Giovanni leva seu fiel escudeiro, Marcus (Bruno Lamberg). Mesmo assim, a dupla se considera deslocada e tem dificuldade de adaptação. O que Giovanni não sabe é que foi escolhido para fazer parte de uma exclusiva e armada organização policial que tem permissão para fazer justiça a qualquer preço.

E MAIS Já o suspense psicológico conduz Muito além do medo, narrado por uma menina misteriosa. A ação se passa numa casa afastada, no meio da mata. Menininha (Giovanna Sá) tem 12 anos e sempre morou no sótão da casa. Usa sempre a mesma roupa branca, sem nenhuma referência de época ou origem, canta de forma macabra músicas que traduzem a história ou ela mesma. Ela pode ser a alma da casa, uma antiga moradora ou um espírito que se apropriou daquele espaço. Já os seus brinquedos são as pessoas que passam a viver naquela residência. No elenco estão também Adriano Paixão (Armando), Carlos Jacobsen (Mudinho), Fernando Rocha (Junior).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação