Julgamento chega hoje à fase final

Diego Abreu
postado em 20/02/2014 00:00
Brasília ; O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia hoje a última etapa do julgamento do mensalão, que resultou na condenação de 25 réus, dos quais 18 se encontram presos. A tendência é de que aqueles condenados por formação de quadrilha, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, sejam absolvidos nesta nova fase do processo. O petista, por exemplo, aposta todas as fichas na absolvição, pois, caso tenha a pena mantida, ele passará do regime semiaberto para fechado.

Os chamados embargos infringentes, que serão julgados a partir de hoje, são recursos cabíveis aos sentenciados que receberam ao menos quatro votos pela absolvição. Na pauta da sessão de hoje, estão os embargos de seis réus: o ex-ministro José Dirceu, o ex-deputado José Genoino (PT-SP), o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-assessor parlamentar João Cláudio Genu, Kátia Rabello e José Roberto Salgado. Mais seis condenados têm direito ao recurso.

Ontem, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recomendou ao Supremo que submeta o ex-deputado José Genoino (PT-SP) a uma nova avaliação médica antes de decidir se o mantém em prisão domiciliar ou se determina que ele volte à Papuda. No parecer, Janot defende que Genoino seja autorizado a cumprir a pena em casa ;até que seja obtida a plena estabilização do seu quadro clínico;. O prazo da prisão domiciliar provisória do ex-parlamentar se encerrou ontem.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação