Dois são detidos depois de arrastão

Valquiria Lopes
postado em 03/03/2014 00:00

Dois jovens suspeitos de participar de um arrastão na Praça Diogo de Vasconcelos, na Savassi, Centro-Sul de Belo Horizonte, foram detidos ontem pela Polícia Militar. Eles são acusados de integrar um grupo de cinco pessoas que assaltou um rapaz de 22 anos que participava de uma festa de carnaval na noite de sábado. A vítima havia acabado de tirar uma foto com o celular quando foi surpreendida por uma mulher, que pegou o aparelho e saiu correndo. Ao tentar recuperá-lo, o jovem foi espancado por quatro comparsas da ladra, que também tentavam fazer outras vítimas.

Policiais militares da 4; Companhia viram a confusão, mas o bando se misturou à multidão. Somente dois suspeitos foram pegos e, posteriormente, reconhecidos pela vítima. O aparelho foi recuperado.

Em outro caso de reação a uma tentativa de assalto na noite de anteontem, o assaltante acabou morto. Alef Reis Silva Amaral, 20 anos, acusado de entrar armado com uma faca no coletivo da linha 2210 (Piratininga/Via Branco), teria ameaçado um passageiro para que ele entregasse o relógio. Quatro amigos da vítima reagiram e agrediram o rapaz. Depois de o derrubarem dentro do coletivo, eles o jogaram na rua assim que o ônibus parou. O acusado não resistiu.

Os agressores, segundo o motorista do ônibus, desceram na Praça da Estação, no Centro de Belo Horizonte. Até a tarde de ontem ninguém havia sido preso. A polícia vai analisar as imagens do circuito interno do coletivo que registraram toda a ação.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação