Como e onde obter programas

postado em 20/03/2014 00:00
Inventado em 1994 por uma subsidiária da Toyota no Japão, o QR Code já se tornou um dos mais populares tipos de código de barras bidimensionais, tendo sido projetado para permitir a decodificação de conteúdos em alta velocidade. Uma das principais vantagens da tecnologia (pelo menos para alguns) é que ela dispensa a obrigação de digitar endereços da internet, tarefa no mínimo chata na hora de usar o celular. Então, com aplicativo de leitura disponível no aparelho, é só iniciá-lo, apontar a câmera do celular para um QR Code e o conteúdo é exibido no navegador web.

Com o crescimento do mercado de smartphones no Brasil, a tendência é a tecnologia se tornar a cada dia mais popular por aqui. Há vários sites pelos quais é possível gerar um QR Code a partir da inserção de um endereço web, texto, número de telefone, imagens etc. Um bom exemplo de site gratuito que cria para você esse tipo de código é o Kaywa. É só acessar o endereço, escolher o que deseja codificar, qual o tamanho de QR Code que deseja e clicar em ;Generate;. A página é encontrada em http:/qrcode.kaywa.com, mas uma pesquisa na internet oferece ao usuário outras opções.

Leitores Para acessar conteúdos inseridos em QR Code gerado, é preciso ter um leitor de códigos QR em seu dispositivo móvel. Muitos dos novos celulares brasileiros já vêm com aplicativos instalados de fábrica. Para os que não têm, é necessário procurar um programa compatível. Geralmente, para instalar tais programas é só digitar o número do celular no site do aplicativo que, logo em seguida, uma mensagem com um link é enviado ao usuário para instalação do programa. O i-nigma reader, encontrado em http:/www.i-nigma.mobi/ , é um dos mais populares leitores de QR Codes do mundo. Já o Kaywa Reader (http:/reader.kaywa.com/) é o aplicativo compatível com maior variedade de smartphones do mercado.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação