Corolla mais eficiente

Corolla mais eficiente

postado em 20/03/2014 00:00
Campinas (SP) ; O Corolla surgiu em 1966, para ser ;um carro que contribui para a felicidade e bem estar ao redor do mundo. Tornou-se uma espécie de mantra para as outras 11 gerações do sedã. No caso do Corolla 2015, lançado na semana passada, não foi diferente. Mas, por trás do novo modelo, estava a ideia de aliar a tradição das antigas versões a elementos do Waku Doki, que, em japonês, corresponderia a algo como ;fazer o coração bater forte;. (Waku seria antecipação e prazer e Doki, o som do coração batendo).

O novo design , o maior espaço interno, mas, sobretudo, a possibilidade de dirigir com câmbio de sete velocidades fazem jus ao termo japonês e tornam o Corolla um dos modelos que aderem à tendência de maior quantidade de marchas. Segundo a marca, a transmissão multidrive deriva da tecnologia CVT e foi adotada para atender ao gosto do consumidor brasileiro ; que privilegia desempenho sem abrir mão do conforto e do baixo consumo de combustível. Seu diferencial é um software de gerenciamento, que simula sete marchas, mesmo quando o motorista conduz o veículo com o câmbio na posição drive.

Desde que foi lançado, há 47 anos, o Corolla vendeu cerca de 40 milhões de unidades no mundo. Um milhão foi comercializada após quatro anos de o primeiro modelo ter sido posto à venda, em 1966. No Brasil, começou a ser importado em 1994 e fabricado em 1998. Ficou na liderança dos sedãs médios durante oito anos. A nova versão, com apelo mais jovem, chega com a missão de recuperar a liderança entre concorrentes Honda Civic, o Chevrolet Cruze, o Renault Fluence , o Volkswagen Jetta e o Sentra da Nissan.


História
  • O primeiro modelo surgiu em 1966 e foi introduzido ao mercado para apresentar ao mundo a tecnologia Toyota.
  • De 1970 a 1974, em sua segunda geração, ganhou inédito tanque de 45l. O desafio foi rodar Tóquio e o sul do país sem parar para abastecer
  • Entre 1974 e 1979, a marca chegou a exportar 300 mil unidades por ano
  • Foi na sétima geração, em 1994, que chegou ao Brasil. E importado.
  • A partir da oitava geração, entre 1997 e 2002, o Corolla passou a ser produzido no Brasil.
  • Entre 2002, e 2008, o design seguiu as linhas europeias
Fonte: Toyota



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação