O poder pela Câmara Legislativa

O poder pela Câmara Legislativa

Ana maria campos/anacampos.df@dabr.com.br
postado em 04/05/2014 00:00
 (foto: Adauto Cruz/CB/D.A Press -29/9/98)
(foto: Adauto Cruz/CB/D.A Press -29/9/98)


O empresário Luiz Estevão é o recordista em votos para a Câmara Legislativa. Na eleição de 1994, ele teve a maior votação proporcional da história, na corrida para a vaga de deputado distrital: 46.209 votos. A performance corresponde a 6,84% do total. Hoje, 20 anos depois, seria o equivalente a algo em torno de 100 mil votos, uma vez que o eleitorado quase dobrou. Se o ex-governador Joaquim Roriz (PRTB) conseguir bater essa marca, levará consigo uma bancada fiel. Será uma forma de voltar ao poder, comandando pela Câmara. Isso, claro, se a Justiça permitir a candidatura.


A bancada de Luiz Estevão

A eventual bancada de Roriz na Câmara Legislativa será também de Luiz Estevão. O ex-senador e ex-deputado distrital demonstrou, na passagem pela Casa, entre 1995 e 1998, que pode incomodar na oposição. Foi o que aconteceu durante a gestão do então petista Cristovam Buarque no Palácio do Buriti. Estevão contestava na Justiça e no plenário as principais ações do Executivo.

Trocando figurinhas

Assessores de parlamentares estavam superatentos na sessão da última terça-feira. O objeto do debate em plenário era o álbum da Copa do Mundo. A missão: trocar figurinhas repetidas.


Agora vai;

A semana será importante para as próximas eleições. Na quinta-feira, o PDT anunciará qual será o caminho do deputado José Antônio Reguffe. Ele pode ser vice de Rodrigo Rollemberg (PSB) na candidatura ao governo ou optar pela corrida ao Senado. Um dia depois, entre sexta-feira e sábado, o PT definirá quem vai representar o partido na disputa pelo tapete azul no Congresso.

Ficha limpa

O promotor de Justiça Diaulas Ribeiro foi absolvido pelo Conselho Superior do Ministério Público do DF na representação do ex-presidente da Embratur Flávio Dino, que tramitava naquela instância. Dino se tornou um adversário constante de Diaulas desde que ele decidiu não denunciar os médicos responsáveis pelo atendimento de Marcelo Dino, filho do hoje pré-candidato ao governo do Maranhão. Para colegas, ele está apto a concorrer ao cargo de procurador-geral de Justiça na sucessão de Eunice Carvalhido.

Enquanto isso...
Na sala de Justiça

A Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) retoma nesta semana julgamento de exceção de suspeição contra o juiz Álvaro Ciarlini, da 2; Vara de Fazenda Pública do DF, que tem apreciado as ações de improbidade administrativa relacionadas ao chamado ;mensalão do DEM;. A defesa do ex-presidente da Câmara Legislativa Leonardo Prudente pede o afastamento do magistrado sob o fundamento de que ele perdeu a imparcialidade para conduzir os processos. Por enquanto, o caso está empatado na turma, composta por cinco ministros. O relator, Ari Pargendler, negou o pedido, mas Napoleão Nunes Maia deu provimento. O ministro Benedito Gonçalves pediu vista e prometeu levar a plenário nesta terça-feira.

Time do coração

Botafoguense de carteirinha, o governador Agnelo Queiroz (PT) conseguiu trazer mais um jogo do alvinegro para Brasília. Goiás e Botafogo (RJ) jogam no Estádio Nacional Mané Garrincha em 18 de maio em um evento considerado teste para a Copa do Mundo. A expectativa do torcedor número 1 do Palácio do Buriti é que este ano seu time do coração consiga vencer. Em 2013, o jogo entre as mesmas duas equipes em Brasília, no dia 10 de agosto, terminou empatado em 1 x 1.

Campanha no estádio

Quem esteve no Mané Garrincha, no dia do aniversário da capital, conta que o chão do estádio estava repleto de santinhos da candidatura do presidente do PT, Roberto Policarpo, durante a partida entre Brasília e Paysandu. Pode isso, produção?


De volta a tempo

A deputada Celina Leão (PDT), que viajou para Curitiba (PR) em 30 de abril, retornou a Brasília ainda na véspera do feriado. Em viagem oficial pela Câmara Legislativa, ela não quis correr o risco de passar a impressão de que estava a passeio. Ano de eleição é dureza.

Jogo definido

O deputado Geraldo Magela deve ganhar com pelo menos dois terços dos votos a escolha interna do PT como candidato ao Senado. As chances do deputado distrital Chico Leite são remotas. Há uma certeza no partido de que Magela, caso eleito, será um aliado mais sintonizado com o governo Agnelo e com o Palácio do Planalto.

Mandou bem

A Capela de São José do Operário, na Candangolândia, foi restaurada e reinaugurada. Fundada em 1961, para os pioneiros, a igreja representa parte da memória da construção da capital.

Mandou mal

Grupo que acompanhava a votação de projeto, com manifestações efusivas de apoio aos deputados, foi flagrado pelo Correio recebendo dinheiro após a aprovação do texto que altera a lei dos caminhoneiros.

So Papos

A cela dele é iluminada, ampla, o tipo de material do beliche é diferente, tem televisão, tem micro-ondas. E não são todas as celas ; é a única cela desse jeito

Deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), sobre as condições da cela em que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu cumpre pena por corrupção no Complexo Penitenciário da Papuda


Pela nossa visita, que a gente fez às celas, e pelas conversas que nós tivemos com os agentes penitenciários, os gestores e o diretor do complexo, a gente viu que não há regalias. Não há privilégio"

Deputado Jean Wyllys (PSol-RJ), que teve uma visão diferente da colega, na mesma visita ao presídio

À QUEIMA-ROUPA

Chico Vigilante
Líder do bloco PT-PRB na
Câmara Legislativa

l l l

l l l

O PT vai ter candidato ao Senado?
Defendo que o PT negocie a vaga com os demais partidos da base de apoio. O PT já tem o candidato a governador e o PMDB tem o vice. Vamos negociar os demais cargos. O PT não pode querer tudo.

l l l

No encontro do PT, na próxima semana, os delegados vão decidir entre Geraldo Magela e Chico Leite na disputa pela candidatura ao Senado. A decisão vai valer?
Na minha opinião, o importante é a eleição do Agnelo (Queiroz) e da Dilma (Rousseff). Para isso, o PT tem a obrigação de fazer tudo o que for possível. Temos de ter b

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação