Seleção que não dá trabalho

Seleção que não dá trabalho

Para aliviar o comércio, parte das cidades sedes evita feriados e decreta pontos facultativos com expediente reduzido. Salvador pode ser a recordista com nada menos que 14 dias de folga total ou parcial

Amanda Martimon
postado em 04/05/2014 00:00
 (foto: Sergio Moraes/Reuters - 28/6/10
)
(foto: Sergio Moraes/Reuters - 28/6/10 )

Cinco das 12 cidades sedes do Mundial ainda não definiram o calendário de feriados e pontos facultativos para o período dos jogos. Entre aquelas que se posicionaram sobre as folgas, apenas Rio de Janeiro e São Paulo sinalizam feriados quando houver partidas no Maracanã e Arena Itaquera, respectivamente. Outras cidades sedes ; como Brasília e Belo Horizonte ; vão reduzir o expediente nessas ocasiões. Às vésperas dos jogos, contudo, novos decretos podem entrar em ação. As obras inacabadas de mobilidade urbana e os canteiros espalhados pelas ruas também podem obrigar algumas sedes a optarem pelo feriado.

Em Salvador, por exemplo, a medida foi tomada durante a Copa das Confederações. Com o fechamento de vias importantes ; determinado pelo perímetro de segurança estabelecido pela Fifa ao redor do estádio ;, a prefeitura decretou feriados municipais. Se a situação se repetir este ano, a cidade terá apenas quatro dias normais de trabalho na segunda quinzena de junho. Além de três jogos do Brasil e cinco partidas na Arena Fonte Nova, o calendário de Salvador já conta com Corpus Christi, em 19 de junho, e dois feriados locais: São João, em 24 de junho para todo o Nordeste, e a comemoração de independência da Bahia, em 2 de julho. A prefeitura ainda não oficializou qual medida será adotada.

Nas outras sedes, o número não é muito maior. Em Brasília e Natal, de 12 a 30 de junho, período que concentra o maior número de jogos, serão seis dias úteis normais contra sete de expediente reduzido. Isso sem contar futuras folgas, caso a Seleção avance até a final.

Feriados

Por ora, o governo federal não decretou nenhum feriado nacional. De acordo com o Ministério do Planejamento, os servidores públicos federais vão trabalhar até as 12h30 em dias de jogos do Brasil. As horas devem ser compensadas depois e não haverá dispensa em partidas de outras seleções. Folga completa, até o momento, só foi decretada pela prefeitura do Rio de Janeiro para dias de jogos no Maracanã. São Paulo também quer feriado na cidade no dia da abertura da Copa, em 12 de junho, na Arena Itaquera.

A Lei Geral da Copa permite que a União declare feriados nacionais nos dias de jogos da Seleção Brasileira. Já os estados, municípios e o Distrito Federal podem definir feriado ou ponto facultativo também nos dias que receberem partidas de outras seleções. A pressão de representantes do comércio, porém, tem causado resistência por feriados nas cidades sedes. Com as portas fechadas, o prejuízo é certo no setor.

2
Número de feriados no Nordeste durante o período da Copa: Corpus Christi e São João

Dani é contra ;macacos;

Como era de se imaginar, o slogan da agência de publicidade Loducca, produzido para o atacante Neymar, ;Somos todos macacos;, não desagradou apenas aos militantes da igualdade racial, mas também ao protagonista do caso, o lateral da Seleção, Daniel Alves. Em participação no Altas Horas, da TV Globo, Dani criticou a hashtag produzida pela agência. ;Eu não gosto do #somostodosmacacos, porque acho que a gente é a evolução disso. Somos humanos e todos iguais;, destacou.

Daniel foi alvo de um ato racista na semana passada, em duelo entre Barça x Villarreal, quando um torcedor atirou uma banana em campo. O lateral não se fez de rogado, pegou a banana e comeu, seguindo com a jogada. A atitude genial resultou em uma corrente de apoio liderada por Neymar. Em movimento orquestrado pela agência, o atacante postou uma foto com uma banana com a hashtag #somostodosmacacos, sendo seguido por um sem-número de personalidades. A hashtag, porém, acabou criticada por militantes e pela ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação