Uma excêntrica família

Uma excêntrica família

O seriado Chegou Honey Boo Boo acompanha a vida de uma menina americana, aspirante à miss, criada em um ambiente pouco tradicional

GABRIELA CALDAS Especial para o Correio
postado em 04/05/2014 00:00
 (foto: TLC/ Divulgação)
(foto: TLC/ Divulgação)



Lançado em 2012 na televisão americana, o reality show Chegou Honey Boo Boo se tornou um sucesso de público. Com a pequena Alana (conhecida pelo apelido Honey Boo Boo) como protagonista, o programa acompanha a rotina dos Thompsons. Formada por pessoas excêntricas, a família vive na minúscula cidade de McIntyre, no interior da Georgia, e encara as situações hilárias, que, em alguns momentos, beiram o absurdo.

A ideia da atração surgiu após a pequena Alana ter participado de outro programa famoso, Pequenas misses, que mostra como as mães preparam as filhas para concursos de beleza. Por fugir do perfil tradicional das crianças que se inscrevem nesse tipo de evento e ser dona de uma personalidade impressionante, Honey Boo Boo chamou a atenção de produtores que apostaram no potencial da história da menina.

O programa, exibido no Brasil pelo TLC, quarta-feira, às 20h40, se passa, na maior parte do tempo, na casa da família. Além da pequena miss, o clã é formado por June, a matriarca viciada em acumular cupons de desconto, Sugar Bear, o tranquilo pai de Alana, e pelas irmãs Pumpkin, Jessica e Anna ; que, aos 17 anos, acaba de ter a primeira filha. Eles parecem ter a capacidade de rir de si mesmo e dos costumes nem um pouco ortodoxos.

Apesar de ser quase uma unanimidade entre o público, o programa não agrada aos críticos. Nos Estados Unidos, a atração recebeu avaliações negativas de especialistas, que acreditam que se trata de exploração de menores, já que, constantemente, Alana é colocada em situações vexatórias, inclusive em relação ao peso. A menina e o público, no entanto, não parecem se importar, já que ela costuma fazer humor em relação a aparência. Entre as pérolas que fala estão frases como ;beleza vem em diferentes tamanhos, o meu é fofo;, ou ;quando minha barriga dói, normalmente são gases;.

2,2 milhões
Número de pessoas
que assistiram à estréia do programa nos EUA



Versão brasileira
A apresentadora e atriz Maísa (foto) também chamou atenção pela espontaneidade. A criança, que tinha apenas cinco anos quando foi escolhida por Silvio Santos para comandar o Sábado Animado, do SBT, foi comparada com a atriz mirim americana Shirley Temple ; por conta da desenvoltura diante das câmeras. Sem parecer se preocupar com o fato de estar sendo filmada, a menina garantia ao programa boas risadas.


Pequenas Misses
O programa acompanha a rotina de crianças competindo em concursos de beleza norte- americanos. O programa traz a cada semana, a preparação, durante os dias que antecedem a competição, de um grupo diferente de pequenos.. Depilação, sessões de bronzeamento artificial e ensaios são alguns dos desafios que as futuras misses têm que enfrentar.


Queridinha da internet
Chloe é uma menininha de três anos que parece não se abalar com nada. A criança se tornou fenômeno na internet, após a mãe ter postado um vídeo com a reação da pequena ao saber que ela e a irmã, Lily, iriam à Disney. Enquanto a mais velha chora de emoção, a mais nova mostra total indiferença.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação