Deputado Romário se contradiz sobre Copa

Deputado Romário se contradiz sobre Copa

postado em 17/05/2014 00:00

O ex-craque e deputado federal Romário de Souza Faria (PSB/RJ) publicou, por volta das 18h30 de ontem, em uma rede social, uma série de mensagens em que procura se defender da reportagem feita pelo Correio Braziliense que mostra que, apesar de crítico da Copa, o parlamentar faturou uma bolada com publicidade ligada ao Mundial.


Inicialmente, Romário (foto) usa as mensagens para dizer que nunca foi contra a Copa do Mundo. ;Fui o primeiro a dizer que o Brasil faria a maior Copa de todos os tempos;, escreveu o jogador, ontem à tarde, numa clara mudança de postura. Em março de 2012, em reportagem do jornal Lance, o ex-atacante diz: ;Não será a melhor (Copa) e nós vamos passar vergonha;. No carnaval deste ano, enquanto participava do camarote de uma cervejaria que faz alusão ao Mundial, o Baixinho repetiu: ;Fora de campo, a Copa é horrorosa, é desastrosa, é uma vergonha;.


Em seguida, o ex-atleta diz que ;criticar a corrupção não me impede de fazer publicidade e ganhar o meu dinheiro honestamente;. Em nenhuma das 14 mensagens publicadas na rede social sobre o tema, Romário questiona o valor estimado em R$ 700 mil e R$ 900 mil por publicitários e especialistas em marketing ouvidos pelo Correio, para participações nas campanhas de duas empresas: uma cervejaria e uma fabricante de sandálias.


A reportagem do jornal na edição de ontem já havia ouvido o Baixinho: ;Eu ganho R$ 20 mil por mês e as pessoas podem entender que, como jogador, sempre ganhei mais do que isso. Fiz essas propagandas porque, financeiramente, foram bem interessantes para mim;, disse Romário.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação