Entre quatro paredes

Entre quatro paredes

postado em 08/06/2014 00:00
 (foto: TBS/Divulgação)
(foto: TBS/Divulgação)


A série britânica The office, criada e dirigida por Ricky Gervais e Stephen Merchant, ganhou uma versão norte-americana em 2005, quatro anos depois da estreia em terras inglesas.

Enquanto a primeira, estrelada pelo próprio Gervais, teve apenas duas temporadas, a segunda, com Steve Carell no papel principal, chegou a nove. No Brasil, o canal FX exibe a última temporada da série todo sábado, às 7h, e o TBS reprisa a oitava temporada.

Considerada uma das precursoras do humor referencial e menos estereotipado, a produção retrata o cotidiano dos funcionários de um escritório em Scranton, Pensilvânia, filial de uma empresa fictícia.

Steve Carell é Michael Schout, o gerente regional da empresa, que acredita ser o homem mais bonito do escritório e o melhor amigo dos funcionários, o que, obviamente, passa longe da verdade. Que o diga Pam Beesly (Jenna Fischer), a recepcionista que o tolera todos os dias.

Entre os melhores momentos, estão as conversas de Pam com o representante de vendas Jim Halpert (John Krasinski), com quem vive em uma tensão romântica.

Jim, porém, está em constante rivalidade com Dwight Schrute (Rainn Wilson), o arrogante assistente de Michael, que adora fazer piadas com Oscar Martinez (Oscar Nunez), um homossexual de ascendência mexicana.

;Acho interessante a forma com que essas séries transformam temas banais do dia a dia de um escritório em assunto engraçados;, opina a fã e publicitária Carolina Fernandes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação