360 Graus

360 Graus

por Jane Godoy com Sophia Wainer janegodoy.df@dabr.com.br
postado em 08/06/2014 00:00

Louvar o que bem merece;








Pois é. O Correio Solidário existe, há 11 anos, com um trabalho de formiguinha, em que a colaboração e entusiasmo de madrinhas e padrinhos, patrocinadores e apoiadores é imprescindível, indispensável e sempre muito bem-vindo.

Eventos são programados com o maior esmero e carinho, como o Arraial Solidário, (que aconteceu em 31 de maio, o Feijão Solidário, que está marcado para 27 de setembro e um grande evento de fim de ano baile de gala ou show) os que ainda não foi agendado. O importante é que esse trabalho existe; que as madrinhas e os padrinhos se desdobram não só para a venda de mesas e ingressos, mas também com a missão de arrebanhar o maior número de pessoas que, ao conhecer o trabalho e as festas organizadas, se encantam e prometem voltar sempre.

Como sempre informamos, a assistência oferecida às 17 creches, com 2.500 crianças, mais o abrigo de idosos Bezerra de Menezes, em Sobradinho, são o alvo e a finalidade desse movimento, cuja verba, fruto da venda de ingressos e patrocínios, é integralmente aplicada em obras de melhoria de cada uma delas. Umas reformadas e ampliadas, outras construídas, mais a compra de tudo do que precisam, como, por exemplo, eletrodomésticos, lençóis, e tudo o mais.

Um trabalho digno de ser mostrado e apreciado. Levamos aos leitores hoje a inauguração de mais uma dessas creches, Associação Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Samambaia. Fundada em 1996, hoje cuidam de 155 crianças de 2 a 5 anos ;e o plano de aumentar esse número; segundo palavras da diretora Patrícia Almeida dos Santos. São 146 famílias atendidas, que contam com a ajuda de um corpo docente de primeira que, em conjunto com os pais e com a comunidade local, viram o seu sonho realizado, proporcionando maior qualidade de vida, conforto e ensinamentos de como conservar e manter tudo o que lhes é oferecido.

Partindo do princípio de que não basta ocupar o tempo das crianças sendo preciso, isso, sim, educar, o objetivo dos professores e incutir na cabecinha de cada um a noção de que o afeto e o respeito ao próximo são essenciais para a formação de um adulto consciente, honesto, trabalhador, verdadeiro cidadão de bons princípios.

Entregamos hoje, aos leitores, parte do resultado desse trabalho engrandecedor, prova cabal de que, quando se quer de verdade, se consegue realizar um bom trabalho e, a curto prazo, colher frutos tão abundantes e férteis quanto a criatividade e a vontade de ajudar.

A luta continua!

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação