Protestos na Copa

Protestos na Copa

postado em 18/06/2014 00:00
Protestos chamaram atenção ontem em pelo menos três cidades sedes da Copa. O que contou com mais participantes, cerca de 400, foi em Fortaleza, onde a Seleção Brasileira jogou contra o México. O grupo fechou uma das vias que dá acesso à Arena Castelão, cerca de uma hora antes da partida, tumultuando o trânsito. Houve confronto entre a polícia e cerca de 30 militantes foram detidos, entre eles 11 adolescentes.

No Rio de Janeiro, um ato pela tarifa zero contou com menos de 40 participantes vigiados por 100 policias militares. Houve tumulto, com 15 presos e pessoas atingidas por gás lacrimogêneo e cassetetes.

Em Belo Horizonte, que registrou um protesto pacífico com cerca de 200 pessoas na Praça da Savassi, foi o último dia livre para os mascarados. O governo promete publicar hoje lei que impede manifestantes de cobrir o rosto no estado. De acordo com a nova legislação, o mascarado é obrigado a se identificar se solicitado por policial, sob pena de multas que variam de R$ 1.319,10 a R$ 26.382.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação