Lentidão em vez de engarrafamento

Lentidão em vez de engarrafamento

A maioria dos motoristas que saíram do trabalho por volta das 12h de ontem enfrentaram retenções nas rodovias, mas não a ponto de ficarem parados na pista. Problema continua nas vias internas do Plano Piloto

MATHEUS TEIXEIRA NATHÁLIA CARDIM
postado em 18/06/2014 00:00
 (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)

Diferentemente do dia em que o Brasil estreou na Copa do Mundo, na quinta-feira passada, quando o trânsito da cidade parou, ontem, os congestionamentos ficaram limitados a algumas vias que ligam o Plano Piloto às regiões administrativas. Por volta das 12h, horário previsto para o fim do expediente de pelo menos 200 mil servidores públicos, os carros andavam lentamente em estradas como a EPTG e a Saída Sul, mas não chegavam a ficar parados por causa do engarrafamento. A média de velocidade era de, no máximo, 30km/h. Mais tarde, pouco antes do jogo, às 15h, foi a vez de a BR-020 registrar lentidão. Mas nada que atrasasse quem seguia para assistir ao jogo da Seleção Brasileira.

O casal de auxiliares administrativos Irajara Carvalho, 34 anos, e Aline Sá, 30, trabalha na Asa Norte e mora em Samambaia. Estão acostumados a, diariamente, enfrentar dificuldades para chegar em casa no horário de pico. Ontem, planejaram-se e saíram mais cedo do trabalho a fim de não correr o risco de perder o início da partida. Supreenderam-se, no entanto, com a tranquilidade na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB). ;Essa pista é sempre cheia, independentemente do horário. Hoje (ontem), porém, estava muito mais tranquilo do que eu esperava;, afirmou Irajara.

O vendedor Henrique Antunes, 30 anos, enfrenta congestionamento todos os dias a caminho do trabalho. Estressado com a rotina, comprou uma motocicleta para dias de maior movimento. Ontem, tirou-a da garagem, porém, depois, viu que não seria necessário. ;Saí de moto prevendo um engarrafamento enorme, mas não foi o que vi;, relatou. Apesar disso, ele alerta para os riscos de conduzir um veículo menor nos pontos de retenção. ;Geralmente, os motociclistas passam por entre as faixas a fim de passarem mais rápido. Isso é arriscado. Se alguém decidir trocar de faixa sem dar o sinal, corremos grande risco;, explicou.

Plano Piloto
Um dos principais problemas no fluxo ontem ficou na Saída Sul. A inauguração do túnel do balão da Dona Sarah, acesso ao aeroporto, solucionou parte do problema, mas congestionamentos aconteceram no local horas antes do jogo Brasil x México. Os veículos começaram a enfrentar lentidão ainda no Eixão, na altura das quadras 16 da Asa Sul. Nada, porém, que estragasse a festa dos brasileiros empolgados com a Copa do Mundo. O mecânico Fábio Suhet, 37 anos, esperava por um movimento até maior naquela via. ;Achei que fosse estar pior;, comentou.

O Departamento de Estrada de Rodagem (DER), responsável pelas rodovias federais, avaliou que o tráfego seguiu melhor ontem do que na última quinta-feira. O superintendente de trânsito do órgão, Murilo Melo, disse que a inversão de sentido da Estrutural mais cedo e o bloqueio da EPTG na altura do Viaduto Israel Pinheiro ajudaram a dar mais fluidez ao trânsito. ;Desafogou pontos críticos, por onde passam muitos carros diariamente.;

Murilo espera que ocorra o mesmo nos demais dias de partidas da Seleção. ;Houve uma melhora muito grande. Além das mudanças que fizemos, o povo está consciente;, ressaltou. Ele admitiu, no entanto, que a retenção registrada na BR-020 preocupou o órgão. ;Em um determinado momento, ficou bem complicado para chegar a Sobradinho, mas logo tudo ficou tranquilo;, afirmou.

Para o montador de móveis Inácio Gomes, 52 anos, dificuldades maiores para os motoristas ainda acontecem nas vias internas do Plano Piloto. ;Fica tudo parado. Desse jeito, fica difícil chegar em casa para assistir ao jogo. Saí do trabalho ao meio-dia e fiquei no congestionamento até as 13h30. Corri o risco de não chegar em casa a tempo de ver o jogo;, reclamou.

Trânsito muda na quinta-feira
A partida Colômbia x Costa do Marfim, amanhã, às 13h, no Mané Garrincha, vai alterar o trânsito na área central. As principais mudanças serão no Eixo Monumental. A via N1 ficará fechada a partir das 7h, e o fluxo será desviado para o Eixo Rodoviário Norte. Todas as vias de ligação da N1 com a S1, pista de fluxo contrário, estarão interditadas a partir do TCDF. Só estará liberado o retorno no viaduto do SMU. A S1 não ficará toda interditada, mas terá faixas reduzidas. As duas pistas da esquerda serão destinadas exclusivamente aos ônibus e todos os retornos da via S1 para a N1 permanecerão fechados até a Rodoviária do Plano Piloto.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação