Croatas jantam Camarões

Croatas jantam Camarões

Com a volta do astro Mandzukic, a seleção europeia goleia os africanos por 4 x 0. Na última rodada do Grupo A, a Croácia duela com o México pela classificação às oitavas de final

postado em 19/06/2014 00:00
 (foto: Andres Stapff/Reuters)
(foto: Andres Stapff/Reuters)


A Croácia atropelou Camarões. Bem mais organizada do que a equipe africana, a formação do leste europeu se impôs, aproveitou a expulsão de Song ainda no primeiro tempo e levou a melhor por 4 x 0 na Arena da Amazônia. Com o resultado, o Brasil terá pela frente, na última rodada do Grupo A, uma equipe eliminada do Mundial. Já os croatas duelarão com o México, que jogará pelo empate para avançar às oitavas de final.

Suspenso da abertura da Copa do Mundo por ter sido expulso no último jogo das Eliminatórias, Mandzukic voltou ao time da Croácia ontem e mostrou quanta falta fez diante do Brasil. O centroavante do Bayern de Munique marcou duas vezes e comandou a goleada croata. Já o time africano não teve em campo sua maior estrela, Eto;o, contundido. Mesmo assim, não começou mal a partida. Era boa a presença no ataque, especialmente com as chegadas de Mbia pela direita, mas logo ficou clara a melhor organização dos croatas. Além disso, a equipe europeia contou com ótima atuação de Perisic. Foi dele o lindo passe para Olic abrir o placar, aos 10 minutos do primeiro tempo.

Com o gol, a Croácia passou a ditar o ritmo e a aproveitar as tentativas camaronesas de ataque no improviso. Os europeus controlavam, o que ficou mais fácil com a expulsão de Song, que agrediu Mandzukic com uma cotovelada.

O técnico Volker Finke tentou dar um jeito em Camarões com a entrada de Nounkeu, no intervalo, mas, com 10 em campo, estava difícil. Logo aos 2 minutos da etapa final, Perisic partiu da esquerda após saída errada do goleiro Itanjde, avançou e bateu de pé esquerdo: 2 x 0.

Em seguida, Sammir deixou Mandzukic na cara do gol, mas uma tentativa ruim de cavadinha desperdiçou a oportunidade. O terceiro acabou saindo aos 15, em batida de escanteio da esquerda. Suspenso na estreia contra o Brasil, Mandzukic subiu sozinho e cabeceou no canto direito.

A essa altura, os camaroneses já estavam entregues. O placar foi fechado aos 27, quando Eduardo da Silva bateu cruzado. Itandje deu rebote, e Mandzukic aproveitou a posição legal oferecida por Mbia para marcar.

Com a partida decidida, houve ainda chances para as duas equipes. De um lado, Moukandjo desperdiçou a oportunidade mais clara de Camarões, errando a pontaria dentro da área. Do outro, Rakitic saiu na cara de Itanjde, tirou o goleiro, mas viu a bola sair. Os camaroneses ainda demonstraram seu nervosismo em uma troca de agressões entre Assou-Ekotto e Moukandjo. Sobreviveu a seleção mais preparada para a Copa do Mundo.

Mesmo eliminados, os camaroneses descartam qualquer chance de ;corpo mole; contra o Brasil. ;É Copa do Mundo e todo jogo é importante. Queremos terminar o Mundial com alguma coisa nas mãos;, afirmou Samuel Eto;o. O técnico Volker Finke dfestacou que o time está ansioso pelo duelo com o anfitrião. ;É muito importante apresentar um bom jogo e não apenas completar o torneio;, comentou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação