360 GRAUS

360 GRAUS

janegodoy.df@dabr.com.br
postado em 19/06/2014 00:00
 (foto: Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

)
(foto: Arquivo pessoal Arquivo pessoal )

Um acontecimento histórico e cultural
O cardeal dom Lorenzo Baldisseri, depois de longa temporada em Brasília, é secretário-geral do Sínodo dos Bispos. Na quinta-feira (11), em Coimbra, Sua Eminência proferiu, em seminário, uma palestra sobre o tema ;Diplomacia Pontifícia ; Acordo Brasil/Santa Sé;.

De Lisboa a Coimbra, dom Lorenzo foi levado pelo casal Joana e o professor Ibsen Noronha. Passaram por Fátima e lá fizeram uma visita à Capela das Aparições onde rezaram e, em seguida, passaram pela Loca do Cabeço, onde o Anjo de Portugal apareceu aos pastorinhos e lhes deu a primeira eucaristia. Almoçaram no Tia Alice, ainda em Fátima.


Ao chegarem a Coimbra, dom Lorenzo foi recebido na belíssima Sala do Conselho Científico, pelo diretor professor doutor Antônio dos Santos Justo, na Faculdade de Direito. Em seguida, visitaram os locais históricos da faculdade, como a Sala dos Capelos, a Reitoria e a Capela de São Miguel. Dom Lorenzo foi acompanhado pelo diretor da Biblioteca Geral da Universidade, doutor Bernardes.

Na Biblioteca Joanina, pérola do Barroco, construída no reinado de Dom João V, foi proferida a palestra para convidados, professores catedráticos e estudantes, bispos de Coimbra e do Porto e clérigos da Diocese. Dom Lorenzo foi apresentado pelo professor catedrático de direito, doutor Rui de Figueiredo Marcos, que enalteceu ;o percurso brilhante no curaus honorum de Sua Eminênica na vida da Igreja e, em especial, da diplomacia pontifícia;.


A palestra versou sobre o tema do acordo entre o Brasil e a Santa Sé e seus aspectos mais relevantes, sobretudo na garantia da liberdade da prática religiosa dos católicos e no serviço que a Igreja presta ao Brasil em tantas áreas de importância capital, como a educação e a saúde.

Encerrada a palestra, que foi muito aplaudida, o cardeal Baldisseri executou, ao piano, peças de Pucini, Alberniz e Chopin, o que encantou a assistência.

A vice-reitora agradeceu a presença de Sua Eminência e expressou o desejo daquela universidade de oferecer o Doutoramento Honoris Causa quando de sua visita a Fátima. Lembrou-se de que o papa João Paulo II foi agraciado com o mesmo título em 1982.


; Justamente para desmentir a nefasta proposta de que não haveria Copa do Mundo no Brasil, grito de uma minoria derrotista e baderneira, vemos, cada dia, as pessoas se empolgarem e passarem a se vestir e enfeitar suas casas de verde-amarelo. Um exemplo é a empresária Márcia Lima e a filha Ana, que empunharam elas mesmas pincéis e tintas nas cores da nossa Bandeira (foto) e capricharam no portão da garagem de casa.


; A sexta-feira (13), ao contrário do que se pensa, não foi dia de azar pra ninguém, muito menos para o fotógrafo Oswaldo Rocha. Além de ser dia de Santo Antônio, ele comemorou o aniversário com um almoço delicioso na Trattoria Da Rosário, recebido pelo anfitrião, Rosario Tessier (foto)


; Por falar em Dia de Santo Antônio, em frente à igreja dedicada ao santo, na sexta-feira (13), encontramos uma simpática e cordial faixa bílingue (foto), desejando boas-vindas aos fiéis ao ;Saint Anthony;s Festival june 12 to 15; e, ainda, convidando a todos a assistirem aos jogos em telão de LED. Um exemplo de hospitalidade e marketing.


>> PAINEL
Preocupação com a natureza / Em fevereiro de 2012, o Senado Federal deu início às atividades de adoção dos chamados sistemas sustentáveis, com aplicação de conceitos bioclimáticos de ventilação e iluminação naturais, assim como a reutilização de materiais de qualidade refugados, como, por exemplo, o aproveitamento dos vidros temperados, descartados das dependências do Senado. Os tijolos foram fabricados a partir da própria terra retirada do local da obra do viveiro. Foi utilizada, também, a técnica construtiva do superadobe e as treliças do telhado foram fabricadas com tubos de papelão e madeira de reflorestamento. Começou na terça-feira (3) e segue até a segunda-feira (30), a distribuição de mudas no EcoCâmara, um movimento de ecologia e sustentabilidade que tem por objetivo conscientizar para a preservação da natureza. Este é um bom exemplo que o Senado oferece, com o Viveiro do Senado Federal, uma construção sustentável para produzir plantas para a implantação e manutenção dos jardins e minimizar as emissões de CO; da instituição.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação