Trio assalta turistas no Tororó

Trio assalta turistas no Tororó

» THIAGO SOARES » CAMILA COSTA
postado em 26/06/2014 00:00
 (foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
(foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)

Turistas estrangeiros que vieram à capital para a Copa do Mundo sofreram um assalto em trilha da Cachoeira do Tororó, a 35km de Brasília. Eles estavam divididos em dois grupos e um deles acabou surpreendido por três bandidos armados, que levaram óculos, carteira, celular e bolsa. Entre as vítimas, estão dois alemães, acompanhados de um brasiliense. Escaparam do roubo uma norte-americana grávida de quatro meses e mais dois brasileiros que seguiam na mesma trilha.

Segundo o Grupo Tático da Polícia Militar Ambiental (GTA), todos passaram a tarde de terça-feira no Tororó. Os grupos se conheceram na cachoeira e se separaram na hora de ir embora. ;Os alemães foram assaltados e ficaram assustados e agitados. Logo depois do crime, perderam-se. Encontramos eles separados, um deles perto da cachoeira, muito nervoso;, explicou o sargento do GTA Edson Câmara.

A bióloga americana Carolyn White, 24 anos, estava com a estudante brasiliense Renata Caroline Campos, 22. ;Ela gosta de natureza e pediu para ir à cachoeira. Foi algo assustador. Tentei manter a calma para ela não ficar nervosa;, explicou. Apesar de não ter sido roubada, Carolyn não imaginava viver esse tipo de situação. ;Fomos alertados do perigo de assaltos, mas não levamos em consideração. Na hora, eu só pensava em proteger o meu bebê;, disse a turista. ;Ainda não comentei com os meus pais porque eu sei que eles vão ficar preocupados. Mas o bom é que tudo acabou bem;, acrescentou. A jovem retornou ontem para o Estados Unidos, mas, apesar do incidente, planeja voltar ao Brasil.

O subcomandante do Batalhão de Policiamento Militar Ambiental, major Marcelo Casimiro Vasconcelos Rodrigues, explicou que há poucos registros de roubos no local. ;Estamos reforçando o policiamento com o uso de viaturas em diversos horários;, explicou. O grupo foi resgatado duas horas depois do assalto pela polícia, sem ferimentos. O caso é investigado pela 33; Delegacia de Polícia (Santa Maria), mas, até o momento, a polícia não identificou nenhum dos suspeitos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação