Quarteto jogará em jejum devido ao Ramadã

Quarteto jogará em jejum devido ao Ramadã

postado em 26/06/2014 00:00


Rio de Janeiro ; O técnico Didier Deschamps terá de administrar um problema religioso na partida contra a Nigéria. O mês sagrado do Ramadã, no qual os muçulmanos praticam jejum, que só é quebrado no pôr do sol, começa neste sábado, o primeiro dia das oitavas de final da Copa do Mundo. Quatro jogadores do elenco da França são islâmicos: o centroavante e artilheiro Benzema, além do zagueiro Sakho, do lateral Sagna e do meia Sissoko, todos titulares.

O técnico Didier Deschamps ainda não sabe qual procedimento adotar no dia e muito menos nos treinos anteriores à partida contra a Nigéria. ;Eu acho que esse assunto é muito difícil. Não há nada que eu possa falar. Respeitamos a religião de todos. Os jogadores têm o hábito de seguir esse costume. Cada uma das pessoas vai se adaptar a isso;, disse o treinador.

Na chegada a Brasília, o quarteto islâmico da França não terá problemas de praticar uma das cinco orações obrigatórias em direção a um templo islâmico. O Distrito Federal tem uma mesquita, na 912 Norte, com capacidade para mil fiéis, e não fica tão distante do Estádio Nacional Mané Garrincha caso os quatro queiram ir até lá. (MP)

Saiba mais

Doutrina
O Ramadã é o período de reflexão espiritual dos muçulmanos, no qual praticam o seu jejum ritual. O nono mês do calendário islâmico, no qual acredita-se que Maomé recebeu os primeiros versos do Alcorão, começará em 28 de junho, seguindo por 30 dias. Ou seja, será iniciado paralelamente às oitavas de final da Copa do Mundo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação