Lugano irritado com repercussão

Lugano irritado com repercussão

postado em 26/06/2014 00:00
 (foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)

A Federação Uruguaia de Futebol fez o possível para evitar que a mordida de Luis Suárez em Chiellini repercutisse no primeiro treino da Celeste após a classificação para a segunda fase da Copa do Mundo. Um jornalista inglês, impedido pela assessoria de imprensa da seleção de abordar o assunto com Stuani e Ramírez, os primeiros a falar, questionou Diego Lugano logo na primeira pergunta que fez ao zagueiro.

O inglês indagou se Lugano poderia falar sobre o ;incidente;, ao que o defensor respondeu de forma ríspida: ;Qual incidente? Não sei de que incidente você está falando. Você se refere ao Campeonato Inglês ou à seleção? Você tem algo contra Luis?;.

Na réplica, o jornalista citou o nome de Chiellini antes de perguntar se Lugano diria que nada aconteceu. O zagueiro novamente reagiu. ;As imagens não mostram nada. Mostram uma aproximação, mas nada importante.;

Para reforçar a discordância em relação à repercussão que o episódio ganhou na mídia internacional, o zagueiro citou a cotovelada que Neymar acertou em Modric na abertura do Mundial.

;O Uruguai conseguiu uma vitória histórica e, num lance de jogo, de contato físico, a imprensa mundial acaba falando de um lance totalmente sem consequência;, reprovou. ;O Neymar deu uma cotovelada no nariz. Nunca mais ouvi algo sobre isso. Não entra na minha cabeça que um lance sem consequência ganhe tanta repercussão.;


Ghiggia: ;Não sei o que esse rapaz tem na cabeça;
Herói do título do Uruguai no Mundial de 1950, o ex-jogador Alcides Ghiggia criticou a atitude de Luis Suárez. ;Creio que uma punição poderia ser aplicada porque é absurdo, não é a primeira vez que isso acontece. Não sei o que esse rapaz pensa, o que tem na cabeça. Seja uruguaio, seja de outra nacionalidade, sempre é preciso reprovar essas coisas em um campo de jogo, porque isso não é uma guerra;, afirmou Ghiggia à agência de notícias Reuters.

De brincadeirinha, pode

Eliminado do Mundial na fase de grupos e alvo de uma mordida de Luis Suárez, Giorgio Chiellini não demonstrava irritação ontem. Pelo contrário. O jogador italiano aceitou com bom humor um pedido para uma foto repetindo o ;ataque; sofrido do camisa 9 do Uruguai. Ao deixar o hotel onde estava hospedada a Azzurra, em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, ele posou ao lado de uma garçonete. Segundo a revista Época, o nome da funcionária é Liliane Silvia.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação