Festa dos violeiros em Brazlândia

Festa dos violeiros em Brazlândia

Maiesse Gramacho Especial para o CORREIO
postado em 26/06/2014 00:00



O que há de mais atual na música e na viola caipiras é o tema da 14; edição do Encontro de Violeiros de Brazlândia, que começa hoje e segue até domingo (29). Na programação, cerca de 30 apresentações gratuitas em palco montado na Praça da Administração Regional. Também estão previstos seminário, exposições temáticas, oficinas e feira de produtos agrícolas e artesanais. O evento integra as comemorações pelos 81 anos da cidade.

;A ideia é, além de promover o congraçamento dos violeiros e das violeiras, permitir uma reflexão sobre a situação da música e da viola caipiras no Brasil atualmente;, explica Volmi Batista, presidente do Clube dos Violeiros, entidade que coordena a realização do Encontro. Já estão confirmadas as presenças de músicos da Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso, Goiás e do próprio Distrito Federal.

De acordo com Batista, um dos destaques do programa é o seminário ;Panorama da música e viola caipira no Brasil contemporâneo;, marcado para sábado, no auditório da Administração. ;Será uma oportunidade de diálogo e troca de experiências entre os participantes, já que a música e a viola caipiras nunca estiveram tanto em evidência como agora;, avalia.

Além dos debates, o 14; Encontro pretende possibilitar a formação de novas parcerias musicais e apresentar ao público espetáculos que unam beleza e excelência técnica. Músicos consagrados, como Renato Teixeira e a dupla Zé Mulato e Cassiano, vão se apresentar. Teixeira faz o show de abertura, hoje, às 22h.

Vocação
Além de violeiros de outros estados, o evento vai envolver a comunidade artística local. ;O Encontro atende a vocação que Brazlândia apresenta para manifestações da cultura popular rural e tradicional. É uma cidade que nasceu bem antes de Brasília, tem uma atmosfera rural;, diz Batista. Músicos locais, grupos de cavaleiros e de danças populares estão contemplados na programação de quatro dias.

Fundada em junho de 1933, Brazlândia se tornou a quarta região administrativa do DF. Com população de 54 mil habitantes, fica a cerca de 50 km do Plano Piloto e exerce papel de destaque na agricultura, especialmente no cultivo de morangos. É polo de festas tradicionais, como a do Divino, do Morango e a Via Sacra.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação