» Roda viva

» Roda viva

postado em 26/06/2014 00:00
Honda

Nem Vezel, nem HR-V e nem Urban. Honda procura um nome para seu utilitário esporte compacto que será lançado no próximo ano, quando inaugurar sua nova fábrica em Itirapina (SP). Essa faixa de produto, muito disputada, terá também o Peugeot 2008. Pouco acima estará o Jeep Renegade e pouco abaixo o VW Taigun. Até 2016 Hyundai e Toyota se habilitarão.

Punto


Fiat não confirma, mas rumores na Europa dão conta de que o Punto italiano seria substituído pela versão ampliada, de cinco portas, do novo Fiat 500 em 2015/16. Se chamaria 500+ e produzido na Polônia. Como já existe o 500 L, em setembro o 500 X e o Bravo não teria sucessor, ficaria apenas essa ;família;, com ligação ao 500 original só pelo nome, e o Panda.

Rallye

Gol Rallye forma conjunto robusto e graças à suspensão elevada em 2,3 cm (mais 0,5 cm por conta de pneus de maior perímetro) enfrenta com galhardia condições ruins de ruas e estradas. Ainda se dá bem em trechos fora de estrada, desde que não sejam dos piores. Novo motor 1,6 L, duplo comando (16 V) 120 cv, tem respostas ágeis e suavidade acima da média.

Frota

Saiu o terceiro estudo da frota brasileira em operação de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus, agora da Jato, consultoria inglesa com filial em São Paulo. Para a empresa são 36.792.872 unidades em circulação, pois estima taxa de sucateamento pouco superior à da Anfavea (cerca de 39 milhões) e do Sindipeças (em torno de 40 milhões).

Ambassador

Fim de vida do mais antigo automóvel em produção: Hindustan Ambassador. Era um Morris Oxford, de 1956, produzido sob licença na Índia desde 1958, praticamente sem alterações. Nenhum modelo na história da indústria ficou tanto tempo em linha. ;Coroa; passou ao mexicano Nissan Tsuru (ancestral do Sentra), há 30 anos no batente.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação