Pequeno Príncipe de imensa beleza

Pequeno Príncipe de imensa beleza

postado em 02/07/2014 00:00
 (foto: Carlos Altman/EM/D.A Press)
(foto: Carlos Altman/EM/D.A Press)

Longe da badalação e do luxo de Jurerê, a prima pobre Campeche não deixa por menos. O escritor e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry, autor do livro O pequeno príncipe, foi um dos visitantes mais ilustres do lugar. Na década de 1920, Saint-Exupéry era o comandante de um voo do correio francês que fazia escalas em um campo de pouso instalado no Campeche, antes de seguir viagem para Buenos Aires, na Argentina, e em Santiago, no Chile.


Hoje, a avenida principal do bairro tem o nome de Pequeno Príncipe em homenagem ao escritor famoso. As avaliações positivas de frequentadores da Praia do Campeche, no site TripAdivisor são a pura verdade. Quem nunca deu uma espiada nesse site antes definir o próximo destino de férias? Com comentários coerentes, os viajantes-internautas aprovaram a praia ao sul de Florianópolis frequentada por surfistas e, principalmente, por famílias e idosos. Na realidade, ela é uma das praias mais ecléticas e democráticas da ilha.


A praia de areia fina pode não ter os coqueiros das famosas praias do Nordeste. Muito menos as águas quentes, mesmo no verão escaldante, mas uma coisa é de tirar o chapéu: com 3,5 km de extensão, a Praia do Campeche tem como destaque as belezas naturais e recebe o título de uma das praias mais limpas do mundo. O visitante não pode deixar de visitar a Ilha do Campeche, localizada a cerca de 2 quilômetros da praia. Há vários passeios de barcos e escunas especialmente para a ilha. Lá você encontra sítios arqueológicos e trilhas. Para os mergulhadores amadores (ou não) existe uma variedade incrível de peixes por entre as pedras.(Carlos Altman)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação