"O país não precisa de Futebras"

"O país não precisa de Futebras"

Candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves repudia intervenção estatal no futebol sugerida pelo ministro e afirma que a mudança no setor tem que começar com a criação de uma Lei de Responsabilidade do Esporte

postado em 12/07/2014 00:00
Um dia depois de o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, defender uma intervenção do governo na gerência do futebol brasileiro e de a presidente Dilma Rousseff (PT) declarar que se faz necessária ;uma renovação;, o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves (MG), reagiu dizendo que ;o país não precisa de uma Futebras;. Em sua página oficial em uma rede social, o tucano atacou a petista. ;O futebol brasileiro precisa, é claro, de uma profunda reformulação. Mas não é hora de oportunismo. Principalmente, daqueles que estão no governo há 12 anos e nada fizeram para melhorá-lo;, postou.
O senador mineiro defendeu, como uma medida para evolução do futebol brasileiro, a criação de uma Lei de Responsabilidade do Esporte. ;Nada pode ser pior do que a intervenção estatal. O país não precisa da criação de uma ;Futebras;. Precisa de profissionalismo, gestão, de uma Lei de Responsabilidade do Esporte com foco nos atletas, nos clubes e nos torcedores;, concluiu.
Na quinta-feira, Aldo Rebelo disse que não era momento de caça às bruxas, mas de mudanças com eficiência. ;Eu sempre defendi que o Estado não fosse excluído por completo do futebol. Portanto, nós precisamos de uma intervenção indireta. Necessitamos de uma reforma na lei que dê ao Estado a atribuição de regular;, disse.

Lei Pelé

Ele também criticou um dos antecessores na pasta, ainda durante o governo Collor: Edson Arantes do Nascimento, o Pelé. ;A Lei Pelé tirou do Estado qualquer tipo de poder de atribuição e poder de intervenção. Se dependesse de mim, não teríamos tirado o Estado completamente dessa atribuição e, no que depender de mim, parte dessa atribuição voltará.;
Já a presidente Dilma Rousseff, em entrevista à rede norte-americana CNN, declarou que o Brasil precisa deixar de ser apenas exportador de jogadores. ;Quando eu falei que o futebol brasileiro deveria ser renovado, o que eu quis dizer é que o Brasil não pode mais ser apenas exportador de jogadores. Exportar jogadores significa que estamos abrindo mão de nossa principal atração, que pode ajudar a lotar os estádios.;


TSE exige mudança
na página de
Aloysio Nunes

O Comitê da Campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff conseguiu uma liminar na Justiça Eleitoral contra a campanha do tucano Aécio Neves por propaganda irregular na página do Senado. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a suspensão ou reformulação da página do Senado Federal do vice de Aécio, senador Aloysio Nunes (SP). No site, há um link para página pessoal do senador, onde, segundo argumento da campanha petista, há críticas à presidente Dilma e promoção da chapa do PSDB.


Justiça revalida convenção do PT

A 17; Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo reverteu ontem a decisão do último sábado que anulava a convenção do PT paulista, que lançou a candidatura de dezenas de deputados estaduais e federais, inclusive a do ex-ministro da saúde Alexandre Padilha ao governo. O encontro volta a ser válido, mas o juiz Renato de Abreu Perine determinou que o deputado estadual, autor da ação, possa registrar a sua candidatura à reeleição pelo partido. Ele estava suspenso na data da convenção.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação