>> DEU no www.correiobraziliense.com.br

>> DEU no www.correiobraziliense.com.br

postado em 12/07/2014 00:00
MEC corta mais de mil vagas em faculdade particulares
O Ministério da Educação (MEC) cortou mais de 1.096 vagas em 12 cursos de graduação em Farmácia, Nutrição, Odontologia, Biomedicina e Fisioterapia oferecidos por centros universitários, universidades e faculdades de todo o país, alegando insuficiência na qualidade de ensino. Só a Universidade Salgado de Oliveira (Universo) recebeu a penalidade em seis cursos. Em Brasília, os ensinos de Biomedicina e Nutrição da Faculdade Anhanguera sofreram a redução de 98 vagas. As instituições ainda podem recorrer.

OMS recomenda remédios para gays prevenirem HIV

Pela primeira vez, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou que homens gays ativos tomem antirretrovirais, além de usar preservativos, para evitar contaminação pelo HIV ; o chamado ;medicamento de profilaxia pré-exposição;. Com o remédio, a estimativa é que se reduza a incidência do vírus entre 20% e 25% no mundo. Os cálculos é de esse grupo tem 19 vezes mais chance de contrair o HIV do que a população em geral. Foram registrados 1 milhão de novos casos entre gays nos últimos 10 anos. A sugestão da entidade internacional é de uma única pílula, que combina dois antirretrovirais, todos os dias.

Prejuízo da Samsung é de R$ 20 milhões
O assalto à fábrica da Samsung, na última segunda-feira, em Campinas (SP), gerou um prejuízo para a companhia de R$ 20 milhões, de acordo com a Polícia Civil. A informação preliminar era de uma perda de R$ 80 milhões. Também foi corrigido o número de itens roubados, antes estimados em 40 mil. Balanço da companhia sul-coreana mostrou que 34.602 telefones celulares, tablets e notebooks foram levados pelos assaltantes. O delegado Luís Segantin, que cuida do caso, informou que a lista com todos os produtos, incluindo os respectivos números de série, foi entregue pela empresa e está sendo analisada pela polícia, sem previsão de quando essas informações serão divulgadas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação