Leão-marinho espalhou a tuberculose

Leão-marinho espalhou a tuberculose

postado em 21/08/2014 00:00

Um estudo publicado na revista Nature sugere que focas e leões-marinhos infectados com tuberculose na África levaram a doença à América do Sul, espalhando-a para os nativos-americanos antes que os europeus chegassem ao novo continente. Ao estudar o genoma de múmias peruanas com mais de mil anos, os cientistas da Universidade Estadual do Arizona detectaram traços de uma cepa de tuberculose inexistente na Europa, mas que circula entre os africanos há pelo menos 6 mil anos. ;Nossos resultados mostram evidências inequívocas de infecção humana causada por leões-marinhos e focas na América do Sul pré-colombiana. Nos últimos 2,5 mil anos, os animais marinhos provavelmente contraíram a doença de espécies africanas e a carregaram pelo oceano até chegar à costa da América do Sul;, disse a pesquisadora Anne Stone. De lá, a tuberculose migrou para a América do Norte, acrescentou a cientista.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação