Paraíso ao norte

Paraíso ao norte

» Alfredo Durães
postado em 03/09/2014 00:00
 (foto: Paulo Santos/Reuters - 12/1/12 )
(foto: Paulo Santos/Reuters - 12/1/12 )

;A beleza está nas pessoas, nas plantas, nos bichos, em todas as coisas de Deus. É mais intensa ainda nos olhos de quem consegue ver, acima da simplicidade, a beleza com que ele criou cada pequeno detalhe da vida.; Essa fala, da freira Irmã Dulce (1914-1992), não foi dita pensando na Amazônia, mas é perfeita como síntese daquilo que representa a maior floresta tropical do planeta, que tudo supre, tudo dá. Se a religiosa baiana ; tenaz na arte de ajudar pobres e excluídos ; tivesse conhecido a generosidade dessa imensa porção de terra no norte do Brasil, provavelmente se lembraria que a citação bíblica ;água a quem tem sede, pão a quem tem fome; encontra ali sua plenitude. Um bom ponto de partida para conhecer essa imensidão verde é Belém, capital do Pará, segundo maior estado brasileiro. A poucos minutos de barco da cidade, é possível navegar por braços de rio (igarapés), que mostra a população ribeirinha e a selva. Além disso, Belém e região têm muitas atrações, uma delas, a gastronomia, turbinada pelos milhares de ingredientes da Amazônia, como o açaí (foto).





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação