Palavra de especialista

Palavra de especialista

postado em 08/09/2014 00:00
Proibição no templo

;Existem diferentes interpretações a respeito da participação das igrejas (católicas ou evangélicas) nas campanhas eleitorais. Na minha avaliação, como procurador eleitoral, é proibido fazer qualquer tipo de propaganda eleitoral dentro de templos religiosos. Isso inclui candidatos pedirem votos no interior das instalações ou a própria igreja usar a estrutura para pedir os votos de seus fiéis para determinados candidatos. Também faz parte da proibição a presença de material impresso nesses locais e, dependendo da situação, até nas imediações. Mesmo sendo locais particulares, a lei define os templos como bens de uso comum, por serem frequentados por uma quantidade grande de pessoas. Se ocorrerem denúncias de pedidos de votos dentro de igrejas, precisaremos investigar caso a caso e estaremos atentos quanto a isso. Mas, de antemão, minha posição é de que não é permitido.;

Elton Ghersel, procurador regional eleitoral





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação