Rival é exemplo

Rival é exemplo

Flamengo visita o desfigurado e desesperado Palmeiras. Técnico promove várias mudanças na equipe paulista na tentativa de conseguir uma arrancada semelhante à que o rubro-negro conquistou

postado em 17/09/2014 00:00
 (foto: Cesar Greco/Fotoarena - 9/1/14
)
(foto: Cesar Greco/Fotoarena - 9/1/14 )


São Paulo ; Em um duelo entre dois times de grande expressão que lutam para fugir do fantasma do rebaixamento, Palmeiras e Flamengo se enfrentam às 22h de hoje, no Pacaembu, em São Paulo, pela 22; rodada do Campeonato Brasileiro. Após vencer o Corinthians por 1 x 0 no domingo, o rubro-negro chegou aos 28 pontos, mas, mesmo em 10; lugar, adota o discurso de que ainda é preciso fugir da ;confusão;, como definiu o técnico Vanderlei Luxemburgo. Já o Verdão, atropelado pelo Fluminense por 3 x 0 no fim de semana, está à beira do abismo, com 21 pontos, escapando da zona de queda apenas pelos critérios de desempate.

Luxemburgo deverá repetir o grupo titular que se saiu vitorioso diante do Corinthians, a fim de dar ainda mais entrosamento ao time. Já o Palmeiras terá muitas mudanças. O técnico Dorival Júnior sacou Fábio, goleiro de falhas constantes, e dá chance a Deola. Na lateral direita, tirou Weldinho, outro que mais erra do que acerta, para apostar em João Pedro, que tem 17 anos e fará sua estreia como profissional.

Dorival promoveu ainda a volta de Lúcio, recuperado de lesão muscular, e armou o setor ofensivo com quatro atacantes: Mouche, Diogo, Cristaldo e Henrique. Além de Fábio e Weldinho, saíram Victorino e Eguren, suspensos, e Patrick Vieira, por opção do treinador. Valdivia, recuperado de lesão na coxa direita, ficará como opção no banco.

O curioso do confronto é como as duas equipes se enxergam. O Flamengo prega o máximo de respeito ao alviverde, que, por sua vez, vê os cariocas como uma espécie de espelho na competição. ;O Palmeiras tem um time em condições de sair desta situação daqui a algumas rodadas, pois possui tradição e jogadores qualificados e experientes para isso. O que temos que tentar impedir é que eles consigam começar essa reação justamente contra o Flamengo;, disse Luxemburgo.

Apesar de Vanderlei não entender que o Flamengo esteja livre do risco de rebaixamento, os palmeirenses se espelham justamente no rival desta noite para fugirem da crise. ;O futebol é feito de confiança, e o Flamengo é a prova disso. Eles estavam na lanterna, precisando muito de confiança. Ganharam dois jogos e conseguiram uma série, pois passaram a acreditar mais em seu potencial. Isso aconteceu com a mudança do técnico. Temos que aproveitar esse início do Dorival e nos espelharmos no Flamengo;, analisou o volante Renato.

No primeiro turno do Brasileiro, as duas equipes se enfrentaram no Maracanã, no Rio de Janeiro, e o Flamengo conseguiu uma marcante vitória por 4 x 2. Naquela ocasião, Wesley e Henrique anotaram os gols dos paulistas, mas Paulinho, Márcio Araújo e Alecsandro (2) garantiram o triunfo dos cariocas.

;O futebol é feito de confiança, e o Flamengo é a prova disso;
Renato, volante palmeirense


FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X FLAMENGO

Campeonato Brasileiro
22; rodada
Transmissão: Globo e Bandeirantes
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Horário: 22h
Árbitro: Anderson Daronco (RS)

PALMEIRAS: 4-5-1
Deola, João Pedro, Lúcio, Nathan e Victor Luis; Renato, Juninho, Mouche, Diogo e Cristaldo; Henrique
Técnico: Dorival Júnior
FLAMENGO: 4-4-2
Paulo Victor, Leonardo Moura, Chicão, Wallace e João Paulo; Victor Cáceres, Márcio Araújo, Héctor Canteros e Everton; Eduardo da Silva e Alecsandro
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação