Point da traíra

Point da traíra

postado em 10/10/2014 00:00
 (foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
(foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)



O extinto restaurante Triângulo Mineiro deu lugar ao Traíra sem Espinha, dedicado há 15 anos ao peixe de água doce. São quatro tamanhos de traíra, incluindo a gigante, originária do Xingu e que faz jus ao nome por pesar entre cinco e oito quilos, e serve até oito pessoas (R$ 234). Empanado com fubá, o peixe é preparado ;à moda do sul de Minas;, segundo o proprietário Gilvado Menezes, e chega à mesa com arroz, farofa e vinagrete.

O restaurante foi o primeiro a comercializar o peixe na Vila Planalto e inspirou a criação de outras casas no bairro. ;Não pretendo expandir o negócio nem sair daqui. Vimos que deu certo e conseguimos conquistar uma clientela fiel;, ressalta Menezes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação