Bovespa despenca

Bovespa despenca

postado em 24/10/2014 00:00
As incertezas sobre o quadro eleitoral levaram à Bolsa de São Paulo (BM) a mais um dia de fortes perdas, ontem, com investidores reagindo com pessimismo aos resultados de pesquisas eleitorais que mostraram a ampliação da vantagem da presidente Dilma Rousseff (PT) sobre o senador Aécio Neves (PSDB) na reta final da campanha. Em apenas 15 minutos de pregão, o Ibovespa, índice que acompanha as ações das principais empresas negociadas no pregão paulista, já havia caído 2,13%, aos 51,2 mil pontos.

Ao fim do dia, o indicador perdeu mais pontos, até fechar o pregão em queda de 3,24%, aos 50.713. Em apenas quatro dias, as perdas já chegam a 9%, e, no ano, está negativa em 1,54%.
Novamente, as companhias do chamado ;kit eleições; foram as que mais caíram ontem. O Banco do Brasil foi a empresa do setor financeiro que mais perdeu, com queda de 9,10%. Bradesco e Itaú Unibanco também tiveram retração de 6,01% e 4,52%, respectivamente. O único dos bancos considerados grandes que não foi penalizado pelo mercado foi o Santander, cujas ações subiram 1,77%.

Os papéis da Petrobras sofreram novo revés, recuaram 7,22%. Pesou contra as ações da estatal do petróleo o anúncio, feito após o fechamento do mercado, na quinta-feira, do rebaixamento da nota de crédito da empresa, pela agência de classificação de risco Moody;s. Com a nova queda no pregão, cada ação da petroleira passou a valer apenas R$ 15.

Para o economista-chefe da Gradual Investimentos, André Perfeito, o patamar atual da estatal não reflete o real valor da empresa. ;A Petrobras está no pó. Então, se você acredita que existe a possibilidade de uma empresa do tamanho dela quebrar, ok, não compre o papel. Mas eu penso que é muito difícil;, disse. ;Eu acho que o próximo presidente, seja lá quem for, vai autorizar uma alta da gasolina. E isso vai ajudar a elevar as cotações da Petrobras;, refletiu. (DB)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação