Brasília-DF

Brasília-DF

por Denise Rothenburg » deniserothenburg.df@dabr.com.br
postado em 13/11/2014 00:00

Os trabalhos de Renan
Interessado em se manter no comando do Senado, Renan Calheiros atravessará os próximos dois meses tentando tirar os potenciais adversários do caminho. O primeiro é Vital do Rêgo Filho, já citado no próprio Tribunal de Contas da União (TCU) como substituto do ministro José Jorge, que ontem participou da última sessão. O futuro ministro herdará todos os processos da Petrobras que já estão em andamento. Portanto, avalia o PMDB governista, ninguém melhor que o presidente de duas CPIs sobre o tema para tratar desse assunto.

; ; ;

O PT, porém, prefere entregar a alguém mais fiel à presidente Dilma, caso da ministra Ideli Salvatti. Nos planos de Renan e do PMDB, entretanto, Ideli não entra.

Aldo, o nome
O PCdoB vai deflagrar um movimento pela permanência de Aldo Rebelo no Ministério do Esporte. O comando partidário considera que, a um ano e meio da Olimpíada no Rio de Janeiro, o melhor para o governo e para o partido seria deixar o ex-deputado lá. Vai aí a velha máxima: em time que está ganhando não se mexe. O problema é que o PT está de olho no cargo.

Muita calma nessa hora
Embora Renan e Jucá estejam fechados com a proposta do governo de alterar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a bancada do PMDB na Câmara não engolirá nada sem um debate mais aprofundado. A ordem ali é chamar os técnicos do Planejamento para as devidas explicações, antes de o partido despejar os votos em favor das alterações.

É pegar ou largar
O PTB é o próximo partido inclinado a fechar o apoio ao deputado Eduardo Cunha no quesito presidência da Câmara. Nesse ritmo, sobrará ao governo fechar um bom acordo com Eduardo para garantir o comando da Casa daqui a dois anos. André Figueiredo, do PDT, que se apresentou para a disputa, não conseguirá avançar além dos 19 votos da bancada pedetista.

Em busca da liberdade
Enquanto as atenções se voltam para os condenados no processo do mensalão, o prefeito de Coari (AM), Adail Pinheiro, acusado de participar de uma rede de pedofilia, tem dois pedidos de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça. Um deles será julgado em 18 de novembro.

Bombou na web/ Essa foto, publicada no blogue Notícias Paraná fazia o maior sucesso ontem no plenário do Senado. É o governador Beto Richa em trajes de banho, tipo Hawaí 5-0, numa piscina de ondas num navio de cruzeiro pelo Caribe. Depois da campanha, Beto tirou 10 dias de férias e foi surfar... Indoor. Ô, dó...

Descontração/ As despedidas de José Jorge no TCU foram recheadas de histórias. A lembrada pelo ministro José Múcio provocou gargalhadas: ;José Jorge tem um humor inglês. Foi comprar um carro para a mulher, Socorro, e eu perguntei: Está gostando do carro? Quero comprar um pra mim... A resposta foi direta: tem um monte de defeitos, mas comprei outro igual em Recife.; José Múcio, então, contou que quis saber por que comprar o mesmo carro com defeitos. ;Assim Socorro não reclama de outros defeitos!”

Por falar em José Múcio.../
Antes de começar a sessão, alguém o provocou: ;soube que você vai ser ministro da Dilma...;. ;Nem por sacrifício.;

Sobrou pro Joaquim/ Em seu próprio discurso, José Jorge citou en passant que considera equivocada a avaliação de que o TCU, criticado pelo ex-presidente do STF Joaquim Barbosa, servia de abrigo para políticos em fim de carreira. Disse que pensam assim os mal informados e emendou: ;Não é o caso de Joaquim Barbosa;. Na plateia, onde estavam senadores, alguém gritou: ;Há controvérsias!”

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação