"Péssimo hábito"

"Péssimo hábito"

postado em 13/11/2014 00:00

;O Governo do Distrito Federal está com o péssimo hábito de imitar o governo federal. Como se fosse uma réplica no que diz respeito a número de secretarias e ministérios, número de cargos comissionados, então, há uma distorção muito grande nisso. No caso do DF, isso não é sequer devolvido em termos de eficiência do serviço público. Continuamos a conviver com serviços de péssima qualidade e precários, mas isso não impede que os gastos continuem aumentando. O que sugere claramente uma política de apadrinhamento político. O próximo governo terá um trabalho com isso e deverá tomar medidas pontuais se quiser restabelecer a capacidade de governar e não ficar apenas pagando dívidas. Nesse caso, de gastos com pessoal, uma dívida forte que deve ser analisada com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).;

João Paulo Peixoto,
cientista político

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação