Shineray traz marca italiana de volta

Shineray traz marca italiana de volta

postado em 13/11/2014 00:00
 (foto: SWM/Divulgação)
(foto: SWM/Divulgação)

Trinta anos após seu fechamento, a SWM volta à ativa ; ela ficou em atividade entre os anos de 1971 e 1984. Trazida de volta ao mercado pela Shineray, que é a atual controladora da marca italiana, a montadora fez sua reestreia apresentando cinco modelos no Salão de Milão. São duas estilo motard, a SM 540 R e Superdual 650; duas para enduro, a RS-R 300 e a RS-R 500; e uma café racer, a Gran Milano 440 Special.

A Shineray pretende dedicar a SWM ao desenvolvimento de novos produtos de maior cilindrada, já que se trata de uma marca tradicional no segmento premium do mercado europeu. O modelo Gran Milano 440 Special, por exemplo, vem equipado com propulsor monocilíndrico de 440 cilindradas refrigerado a ar. Além disso, a moto racer traz duplo escapamento, assento monoposto, freios a disco nas duas rodas raiadas com pinças Brembo, garfo invertido totalmente ajustável, semiguidão rebaixado, dois amortecedores a gás na traseira e instrumentação analógica com dois mostradores, sendo um para contagiros e outro para velocímetro e hodômetros.

A SWM já tem novos planos para o futuro e promete agitar o mercado de alta cilindrada. A marca italiana vai lançar ainda a Silver Vase, um sexto modelo com o estilo scrambler. A fabricante de motos da Lombardia, na Itália, também anunciou que vai produzir seus modelos na antiga fábrica da Husqvarna, cujas atividades agora são desenvolvidas na Áustria.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação