Ingressos na mão e Paul na cabeça

Ingressos na mão e Paul na cabeça

Com 80% dos 45 mil bilhetes vendidos, palco para show do ex-Beatle começa a ser montado no Mané Garrincha

THIAGO SOARES
postado em 19/11/2014 00:00
 (foto: Fotos: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(foto: Fotos: Minervino Júnior/CB/D.A Press)









Brasília prepara a casa para receber Paul McCartney. Começa a tomar corpo o gigantesco palco no Estádio Nacional Mané Garrincha, onde o ex-Beatle vai se apresentar no próximo domingo, em sua primeira passagem pela capital do país. Mais de 280 profissionais trabalham diariamente na montagem da estrutura, uma das maiores da turnê Out There! no Brasil. Do lado de fora, os fãs fazem filas para comprar os ingressos e fazer fotos em frente à arena.

Mais de 42 carretas trouxeram os equipamentos do espetáculo para o Mané Garrincha. Com diversos movimentos hidráulicos e uma nova tecnologia, o palco terá cerca de 70 metros de largura e, do chão, seu ponto mais alto chegará à 26 metros de altura. São 150 toneladas de estrutura metálica. Nas laterais, haverá dois telões de alta definição. Ainda, 150 caixas de som, com potência de 200 mil watts, montadas por 40 profissionais técnicos estrangeiros. A organização do evento anunciou ontem a venda de 80% dos 45 mil ingressos disponíveis. Os valores variam de R$ 110 a R$ 700 (confira quadro).

Desde pequeno, Marcelo Duarte, 27 anos, acompanhou os sucessos dos Beatles. O pai e os tios eram fãs dos britânicos e, todo o fim de tarde, o som que embalava a casa era o rock. Marcelo acabou se tornando baixista, como Paul McCartney. Hoje, ele integra a banda Let It Beatles, cover brasiliense da banda britânica. Domingo, ele se juntará às mais de 40 mil pessoas esperadas no Mané Garrincha para ver de perto Paul. ;Sempre gostei da banda, porém admiro muito o Paul. Ele é um exemplo de artista, tem belíssimas composições e toca uma variedade de instrumentos;, elogia Duarte.

Logo no primeiro dia de venda dos ingressos, três semanas atrás, Marcelo garantiu o dele. Passou mais de três horas na fila da bilheteria. ;Estou feliz por estar com a entrada na mão. Quero chegar bem cedo no domingo, para tentar ficar bem próximo ao palco. Tenho certeza de que vai ser fantástico. O Paul é um excelente artista e sei que ele vai tocar os grandes sucessos;, diz, sem esconder ansiedade. ;É um sonho ver esse show aqui em Brasília, nunca imaginei que isso poderia acontecer, ver um ex-Beatle bem de perto;, completa.

Programa de casal
O ineditismo do show em Brasília é algo compartilhado por muitos fãs de Paul. Na bilheteria do Mané Garrincha, ontem, a psicóloga Joaima Carneiro, 37 anos, mostrava com empolgação o ingresso adquirido para o espetáculo. É a terceira vez que ela vai à uma apresentação da megaestrela. ;O Paul aqui é um sonho. É um verdadeiro espetáculo. Espero que ele toque as melhores músicas. É muita emoção pensar que domingo vou vê-lo bem de perto. Não me aguento de ansiedade;, disse a psicóloga.

Let It Be é o sucesso esperado por José Mendes Botelho, 60 anos, e Eva Lúcia Botelho, 54. É a música preferida do casal, que estará presente no show. ;Ele faz parte da nossa adolescência. Não tinha como não vir a esse show. Vou guardar esse momento para toda a vida. Quero que chegue logo;, ressaltou Eva. ;Sempre quando nos reunimos com a família, o som que rola lá em casa é Beatles. É empolgante ter essa oportunidade de cantar com ele (Paul) os sucessos;, emenda José.

  • Turnê mundial
    O concerto que Paul McCartney fará no Mané Garrincha faz parte da turnê Out There, iniciada em 2013 e que já percorreu quase 40 cidades dos Estados Unidos, Europa, Japão e América do Sul. O cantor mescla sucessos de sua carreira solo com os hits eternos dos Beatles e dos Wings, além de músicas do seu último álbum, o aclamado New.

  • Fique atento
    Show do Paul McCartney

    Data: 23 de novembro (domingo)

    Local: Mané Garrincha

    Horário: 20h

    Ingressos: premium, R$ 700 (meia R$ 350); pista, R$ 300 (meia R$ 150); cadeira inferior, R$ 450 (meia R$ 225); cadeira superior, R$ 220 (meia R$ 110). Ainda há bilhetes para todos os setores. O limite é de seis ingressos por CPF, sendo apenas um para meia-entrada.

    Venda: pelo site www.tudus.com.br e nas bilheterias do Estádio Nacional Mané Garrincha ; que funcionam das 10h às 18h.

    Classificação indicativa: 16 anos

  • Reforço na internet
    Com expectativa de um grande volume de dados durante o show, as operadoras de celular reforçaram a rede de internet no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Em toda a extensão da arena, foram instaladas 401 antenas de telefonia móvel e 213 de WiFi, com cobertura 2G, 3G e 4G, que permitirá ao público fazer ligações, navegar na internet e mandar mensagens multimídia, com texto, fotos e vídeos. ;Acreditamos que, depois do jogos da Copa do Mundo, em que tivemos muita utilização dos serviços, esse será o evento que teremos mais movimentação de envio de vídeos. Por isso, trabalhamos nessa estrutura para o grande público que estará aqui não ter problemas com o uso da internet. Foram mais de R$ 20 milhões investidos pelas operados, somente nesse estádio;, explicou Carlos Duprat, diretor do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação