Salve-se quem puder

Salve-se quem puder

Seis times ameaçados pelo rebaixamento fazem duelos diretos para tentarem se afastar do perigo. Botafogo recebe Figueirense, Bahia visita Criciúma, e Coritiba joga na casa do Vitória
postado em 19/11/2014 00:00
 (foto: Hedeson Alves/VIPCOMM-27/08/2014)
(foto: Hedeson Alves/VIPCOMM-27/08/2014)


A corrida pelo título fica em segundo plano nos jogos desta noite pelo Campeonato Brasileiro, válidos pela 35; rodada. Enquanto o Cruzeiro segue isolado na liderança, sem risco de ser alcançado hoje, seis clubes entrarão em campo para duelos diretos entre ocupantes das posições mais desesperadoras da tabela de classificação. Nessas três partidas, os vencedores poderão experimentar um alívio, os perdedores sentirão ainda mais a ameaça de rebaixamento, e quem empatar será capturado em um abraço de afogados. Depois, restarão somente três jogos para fugir da degola.

Os dois últimos colocados vão se enfrentar a partir das 21h no Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC). A equipe que leva o nome da cidade catarinense amarga a lanterna do torneio, na 20; colocação, e receberá o Bahia, dono do 19; lugar. Os adversários estão separados por somente um ponto: o Tigre soma 30, contra 31 do tricolor baiano.

Desfalques ampliam a aflição nos bastidores do Tigre. Os atacantes Lucca e Maurinho e o volante Martinez estão suspensos por conta do terceiro cartão amarelo. Com isso, a dupla de frente deve ser formada por Souza e Bruno Lopes. Má notícia para o Criciúma, que precisa vencer seus quatro jogos até o fim e ainda torcer por tropeços dos concorrentes a fim de escapar do rebaixamento. ;Não podemos baixar a cabeça. Enquanto houver chances, não podemos desistir. Temos de lutar até o fim;, adverte o meio-campista Cléber Santana.

O Bahia também necessita de triunfos nas rodadas derradeiras. Hoje, porém, a equipe não poderá contar com um trio importante: o zagueiro Demerson, o meia Emanuel Biancucchi e o atacante Maxi Biancucchi estão entregues ao Departamento Médico. Desse modo, o técnico Charles Fabian deve repetir a escalação que foi derrotada em casa pelo Corinthians na rodada passada. Para se reerguer, o time precisa quebrar uma série de nove jogos sem vitórias no Nacional.

Antes desse jogo, Botafogo e Figueirense medem forças às 19h30 em São Januário, no Rio de Janeiro. Os cariocas estão na 18; colocação, com 33 pontos. Em situação melhor, o Figueira ocupa a 13; posição, mas ainda não se livrou do risco de degola. A equipe visitante segue em perigo, pois seus 40 pontos representam apenas quatro a mais do que os conquistados até aqui pela Chapecoense, na 17; posição ; que abre o Z-4.

Na visão dos anfitriões, a partida contra o Figueirense deve ser tratada como a mais importante neste momento, pois entendem que o fato de o Glorioso ter de vencer todos os jogos não pode aumentar ainda mais a pressão sobre eles. Daí, a ordem é pensar em um jogo de cada vez. ;O Botafogo ainda não jogou a toalha;, insiste o técnico do clube da Rua General Severiano, Vágner Mancini.


;Atitude vencedora;

Pelo lado do Figueira, Argel Fucks encoraja o seu time a tirar proveito da situação do oponente. ;Nós precisamos de atitude vencedora neste jogo fora de casa, pois o Botafogo necessita do resultado positivo e vai fazer de tudo para se impor;, observa o treinador. ;Justamente por isso, o Figueirense não pode ficar acuado em seu campo esperando que o adversário encontre a melhor maneira de construir o resultado. Temos de sair para o jogo.;

No terceiro duelo da agonia nesta quarta-feira, o Vitória recebe o Coritiba no Barradão, em Salvador, às 21h. O rubro-negro é o 15; da tabela, e o Coxa vem logo atrás, no 16; posto. Ambos os times estão empatados com 37 pontos, separados apenas por uma diferença de três gols de saldo. ;Virou mais decisivo do que já era, pois agora nós temos o mesmo número de pontos;, sintetiza o meia Alex, do time paranaense.


O Botafogo ainda não jogou a toalha;
Vágner Mancini,
técnico do alvinegro

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X FIGUEIRENSE


BOTAFOGO

Jéfferson, Régis, André Bahia, Dankler e Junior Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Mario Bolatti e Gegê; Jobson e Murilo
Técnico: Vágner Mancini

FIGUEIRENSE

Tiago Volpi, Willian Cordeiro, Marquinho, Thiago Heleno e Roberto Cereceda; Dener, França, Marco Antonio e Felipe (Clayton); Pablo e Marcão
Técnico: Argel Fucks

Campeonato Brasileiro 35; rodada
Transmissão: SporTV
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 19h30
Árbitro: Anderson Daronco (RS)

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X CORITIBA


VITÓRIA

Wilson; Nino Paraíba, Kadu, Roger Carvalho e Mansur; Adriano, Cáceres, José Welison, e Marcinho; Edno (Vinicius) e Dinei
Técnico: Ney Franco

CORITIBA

Vanderlei; Norberto, Luccas Claro, Welinton e Carlinhos; Hélder, Gil, Sérgio Manoel (Zé Love), Robinho, Alex; Joel
Técnico: Marquinhos Santos

Campeonato Brasileiro
35; rodada
Transmissão: Pay-per-view
Estádio: Manoel Barradas, em Salvador (BA)
Horário: 21 horas
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA X BAHIA


CRICIÚMA

Bruno; Luís Felipe, Fábio Ferreira, Joílson e Cortez; Rafael Pereira, João Vítor, Paulo Baier e Cléber Santana; Bruno Lopes e Souza
Técnico: Toninho Cecílio

BAHIA

Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Titi e Pará; Fahel, Rafael Miranda, Bruno Paulista, Galhardo e Guilherme Santos; Kieza
Técnico: Charles Fabian

Campeonato Brasileiro
35; rodada
Transmissão: Pay-per-view
Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Horário: 21h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação