Nos passos do país da Confederação

Nos passos do país da Confederação

postado em 19/11/2014 00:00
 (foto: Fotos: Renato Alves/CB/D.A Press)
(foto: Fotos: Renato Alves/CB/D.A Press)

Capital e maior cidade de PEI, Charlottetown, com pouco mais de 40 mil habitantes, é a porta de entrada para a província. As pacatas e planas ruas históricas dispensam o carro. Andando, você explora o que há de melhor na localidade instalada no coração da ilha. Com muita história, prédios bem preservados, casario colorido, apresentações corriqueiras do folclore canadense e paisagens de tirar o fôlego, o lugar oferece uma imensa variedade de atividades para atender a todos os gostos e bolsos.

Em Charlottetown, a arquitetura vitoriana contrasta com o moderno Centro das Artes da Confederação, no qual ocorrem vários shows musicais e exposições, realizadas nas galerias de artes. No verão, ocorrem shows no parque Confederation Landing Peake;s Quay, lugar histórico situado à beira-mar. À noite, a agitação fica por conta de bares e restaurantes.

Há diversos monumentos na cidade, como a Catedral Saint Dunstan, a Igreja Anglicana Saint-Paul, construída em 1896, a Catedral Anglicana Saint Peter, de 1869, a Igreja presbiteriana Saint James, e a Province House, o prédio onde ocorreu em 1864 a Confederação que deu origem ao Canadá.

Também valem a visita os museus, como o Founder;s Hall, que retrata a história do país, e o Acadian Museum, que conta a história dos acadianos da ilha, um grupo ético derivado dos primeiros colonizadores da ilha.


Viagem no tempo
Com trajes de época e interpretando os integrante da reunião que deu início à formação do país, atores profissionais perambulam pelo centro histórico atuando como se estivessem em 1864. Eles conversam entre si e com os visitantes, em roupas e chapéus elegantes. Também oferecem o serviço gratuito de guia turístico ; subsidiado pela prefeitura ;, percorrendo os principais pontos da Confederação e dando uma aula sobre esse momento.

Entre 1; e 8 de setembro de 1864, Charlottetown hospedou o que passaria a ser denominado Conferência de Charlottetown. Além de várias reuniões e negociações em casas da província, houve diversos vários eventos sociais, como bailes, durante essa semana.

Ao completar 150 anos, essa fase tão importante da história canadense é celebrada em Charlottetown ao longo de todo 2014, com 150 festivais culturais. A Conferência de 1864 foi a primeira de uma série de reuniões que finalmente conduziu à criação da nação canadense, em 1867. Devido a esse encontro, a Cidade de Charlottetown é conhecida como ;O berço da Confederação;. (RA)



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação