Mariscos e peixes frescos

Mariscos e peixes frescos

Próximo a Charlottetown, as ostras são as estrelas de uma pequena propriedade, na qual o visitante pode aprender a colhê-las e a prepará-las - além de degustá-las. Também perto da capital, não deixe de pescar e provar outros frutos do mar

postado em 19/11/2014 00:00
 (foto: Fotos: Renato Alves/CB/D.A Press)
(foto: Fotos: Renato Alves/CB/D.A Press)

Se você aprecia ostras, pode degustar o marisco em diversos restaurantes de Charlottetown. Mas, se faz questão de comer as melhores, fresquinhas e nas mais diversas formas de preparo, a dica é pegar a estrada. A 30 minutos de Charlottetown, fica a Pinette River Oyster Company, uma pequena propriedade que vive basicamente da pesca e venda de ostras. Mas os donos a transformaram em uma atração turística, recebendo os visitantes de forma impessoal, com uma aula sobre o cultivo, a pesca e tudo o que envolve ostras.

As ostras servidas ali, na varanda da charmosa casa de madeira do casal John e Jackie Gillis, são pescadas no Rio Pinette, em frente à propriedade. John as colhe desde criança, pois vem de uma família de pescadores. ;Não há nada que amo mais do que compartilhar a minha paixão por elas com os visitantes da ilha;, ressalta.

De casa, às margens do belo Rio Pinette, no leste de PEI, John mostra como ostras foram colhidas por gerações, usando as pinças de cabo longo tradicionais. Se quiser, o visitante pode entrar no barco e aprender como se tirá-las do fundo do rio, além de limpá-las com um alicate. Depois, se junta a John na varanda para ver como ele as descasca, com facas diferentes.


Mas o momento mais esperado fica por conta da mulher de John. Enquanto o marido dá a aula, ela vai preparando as ostras limpas por ele. A degustação começa quando Jackie traz uma bandeja cheia delas sem concha. Pode-se comê-las crus, cozidas ou com um dos muitos molhos oferecidos. Depois, virão mariscos grelhados. Para coroar essa experiência culinária única, o casal oferece bebidas quentes e frias de cortesia.

Lagostas e mexilhões

Também há menos de uma hora de Charlottetown, outra experiência culinária leva os turistas a misturarem o prazer da pesca com o prazer de comer o próprio peixe pescado, grelhado, ainda no barco. O tour é feito pela Tranquility Cove Adventures, sediada em Georgetown, comunidade que vive da pesca.

O passeio de duas horas em um bem equipado e confortável barco, com bebidas, biscoitos e frutas incluídas, proporciona ao turista a chance de ver como pegar lagostas, caranguejo e mexilhão por meio de armadihas. Aos passageiros, é reservada uma hora de pesca. Por fim, um churrasco, com peixe fresco a bordo, temperado com a água salgada da baía.


Quem comanda a aventura é o capitão Perry Gotell, de 57 anos, sendo 30 de mar. ;As pessoas estão sempre interessadas em aprender sobre as experiências das outras, então, pensei que seria ótimo para oferecer essa oportunidade;, conta. Para quem quer ir além de um passeio tranquilo, de duas horas, ele realiza tours mais longos, com direito à pesca submarina.

Para se ter uma ideia da satisfação da clientela de Perry, a Tranquility Cove Adventures, ganhou a pontuação máxima no conceituadíssimo site de viagens Tripadvisor em 2012 e em 2013. (RA)



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação