Parto na estação do metrô

Parto na estação do metrô

Mulher tem filha com a ajuda de três estudantes de enfermagem na plataforma da 208 Sul. Cerca de 30 pessoas assistiram ao nascimento

MARYNA LACERDA
postado em 26/11/2014 00:00
 (foto: PMDF/Divulgação)
(foto: PMDF/Divulgação)


Uma mulher de 31 anos deu à luz uma menina, na manhã de ontem, na parte externa Estação do Metrô da 208 Sul. De acordo com testemunhas, Patrícia Ferreira dos Santos teria sentido as dores das contrações no local e deitou-se no chão para ter a criança. No momento, a mulher estava acompanhada do marido e da mãe. O parto foi realizado por três estudantes de enfermagem que passavam pelo local e avistaram a gestante. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar chegaram à estação logo após o nascimento da menina. A família seguiu para o Hospital Materno-Infantil de Brasília (Hmib); e mãe e filha passam bem.

Na hora do nascimento, cerca de 30 pessoas ficaram ao redor de Patrícia. ;Quando ela se deitou, pensei que estivesse passado mal e fui buscar um copo d;água. Quando voltei, me avisaram que ela estava em trabalho de parto. Foi um pouco agitado, mas parece que correu tudo bem;, conta o vendedor de balinhas Salvador Nunes dos Reis, 50 anos. Segundo Reis, três estudantes de enfermagem saíam do Metrô-DF em direção à instituição de ensino. ;Eles sabiam o que fazer e estavam com o material adequado para prestar o atendimento;, detalha. Um gesto de cuidado do pai chamou a atenção do vendedor. ;Ele tirou a camisa para enrolá-la e protegê-la. Foi uma cena muito bonita;, diz.

O ambulante conta ainda que o procedimento foi muito rápido. ;Em menos de meia hora, a criança já tinha nascido e foi levada ao hospital. Acho que o parto durou uns 20 minutos, no máximo. A menininha é linda e tem o cabelo bem preto;, conta. O parto apressado não trouxe complicações à mãe nem à criança. De acordo com a Secretaria de Saúde, as duas seguem internadas no Hmib, onde passaram por procedimento padr~sao A garota mede 44cm e pesa 2,950kg. A pasta não informou previsão de alta.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação