Ecologia candanga em desfile

Ecologia candanga em desfile

Estilista brasiliense é destaque em evento que ocorre nas passarelas de São Paulo após participar do projeto Retrato Brasília

ROBERTA PINHEIRO
Roberta Pinheiro
postado em 04/12/2014 00:00
 (foto: Carlos Vieira/Esp. CB/D.A Press - 23/8/12)
(foto: Carlos Vieira/Esp. CB/D.A Press - 23/8/12)


Em Brasília, ela é conhecida pelo estilo irreverente, colorido e autoral. Uma das representantes do design brasiliense e integrante do grupo de novos pioneiros do projeto Retrato Brasília, a estilista Fernanda Ferrugem aterrissa em São Paulo para desfilar suas criações no evento BR.EcoEra. O encontro é uma mobilização em torno das questões sociais e ambientais no mercado de moda, design e beleza na capital paulista. Esta é a 5; edição do evento, que ocorre semestralmente e integra o Movimento EcoEra, criado em 2008 pela consultora de moda e especialista em sustentabilidade Chiara Gadaleta Klajmic.

Apesar de ser reconhecida nas passarelas de Brasília ; desfilou no Capital Fashion Week em 2013 ;, Fernanda apresenta as peças dela pela primeira vez fora da capital do país. ;Acredito que estou indo na hora certa. Sempre sonhei em buscar um trabalho fora de Brasília e agora, em São Paulo, estou na meca da moda;, comentou. Depois de apresentar algumas criações no lançamento do Retrato Brasília, o trabalho com upclying ; transformar algo que vai virar lixo ou que está no fim da vida útil em algo novo e diferente sem passar pelo processo físicou ou químico da reciclagem ; chamou a atenção de quem conhecia o EcoEra. ;O Retrato Brasília fez a ponte e abriu as portas para que me chamassem para participar do evento. O Jackson Araújo, um dos diretores do projeto, gostou do meu trabalho e me indicou;, explicou Fernanda, referindo-se ao projeto que ocorre em parceria com o Centro Cultural Banco do Brasil e o Correio Braziliense.

25 de Março
A estilista chega à cidade paulista hoje à tarde e segue direto para a Rua 25 de Março, onde pretende fazer os últimos acertos para o desfile e comprar itens que não encontrou em Brasília. Em seguida, corre para as provas das roupas, com o intuito de deixar tudo pronto para a apresentação amanhã. Fernanda usa o descarte do processo de fabricação têxtil nas peças que brincam com diferentes etnias, texturas, volumes e sobreposições. Uma atividade que a estilista começou muito antes de criar a marca, quando frequentava brechós da cidade e produziu roupas novas a partir do que encontrava.

Na sexta, ela apresenta a coleção Vaporwave na Junglelife e divide a passarela com nomes como Gustavo Silvestre, FKawallys, Thaís Signorini e Será O Benedito. ;É um pedacinho de Brasília presente;, brinca Ferrugem. A estilista também destacou que será uma ótima oportunidade de conhecer pessoalmente trabalhos e profissionais que sempre acompanhou e admirou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação